Hospital do Maracanã perde equipamento novo

Aparelhos modernos foram trocados por máquinas obsoletas

Por RENAN SCHUINDT

Vistoria aponta troca de respiradores novos por antigos no Hospital de Campanha do Maracanã: operação coloca em risco as vidas de médicos e pacientes
Vistoria aponta troca de respiradores novos por antigos no Hospital de Campanha do Maracanã: operação coloca em risco as vidas de médicos e pacientes -

Após receber denúncias sobre a substituição de respiradores novos por equipamentos antigos, representantes do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito-RJ), estiveram na manhã de ontem, no Hospital de Campanha do Maracanã, na Zona Norte do Rio, onde realizaram uma nova vistoria. Segundo o órgão, a troca dos aparelhos coloca em risco a saúde de todos que permanecem na unidade, já que os modelos, ultrapassados, não possuem filtros que impedem a contaminação do ambiente.

No último dia 18, o órgão esteve no local e já havia constatado as irregularidades. No mesmo dia a unidade foi notificada e teve um prazo de cinco dias para que as adequações fossem cumpridas. Ontem, ao retornar, os agentes deram de cara com os mesmos problemas. Agora, as denúncias serão encaminhadas para o Ministério Público.

RESPIRADORES ANTIGOS

Entre as irregularidades, o conselho encontrou a utilização de respiradores antigos, sem qualquer tipo de manutenção. Segundo os fiscais, os equipamentos não tinham o sistema de filtragem do ar, fundamental para que o ambiente hospitalar se mantenha livre do vírus. A falta de insumos e até mesmo de um engenheiro clínico, importante em casos de queda de luz, por exemplo, também foram apontadas pelo Crefito-RJ.

Além disso, o órgão também encontrou irregularidades na contratação de profissionais. "Observamos que a remuneração está abaixo do piso salarial. A contratação em carga horária também está de forma irregular. Vamos sinalizar aos órgãos responsáveis para que o hospital seja notificado e as adequações sejam realizadas", disse o presidente do Crefito-RJ, Wilen Heil e Silva.

NOTA DA SES

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que vai apurar o caso e, se comprovado, irá notificar a OS Iabas, responsável pela gestão da unidade. A pasta disse ainda, que além de exigir esclarecimentos, também cobrará as adequações necessárias. De acordo com a SES, além das vistorias técnicas realizadas diariamente no hospital por equipes da pasta, o Comitê de Supervisão dos Hospitais de Campanha, também fiscaliza a estrutura montada para o atendimento às vítimas da covid-19.

Galeria de Fotos

Vistoria aponta troca de respiradores novos por antigos no Hospital de Campanha do Maracanã: operação coloca em risco as vidas de médicos e pacientes Divulgação
Vistoria aponta troca de respiradores no Hospital de Campanha do Maracanã Divulgação

Comentários