Flagra! Surfistas desrespeitam isolamento na Zona Sul

Prática do esporte está proibida em cumprimento ao decreto que prevê o isolamento social

Por O Dia

Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul -
Rio - Equipes do DIA flagraram, neste sábado, um grupo de surfistas quebrando o isolamento social nas praias do Leme e Copacabana, na Zona Sul do Rio. Inicialmente, a Polícia Militar havia informado que não foi acionada para a situação. No entanto, posteriormente, informou que duas pessoas foram encaminhadas para a 12ª DP (Copacabana). 
 

Galeria de Fotos

Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Movimentação de pessoas em Copacabana e Leme, na Zona Sul Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Este não é o primeiro caso de desrespeito ao decreto, no início do mês, cerca de 15 surfistas foram detidos em São Conrado e levados à delegacia por PMs.
Em nota, a Polícia Militar ainda ressaltou que "desde a adoção das primeiras medidas restritivas implementadas pelo Governo do Estado, tem desenvolvido um amplo trabalho de conscientização, inclusive com divulgação pelo sistema de alto-falantes das viaturas em diferentes idiomas para orientar sobre os riscos de aglomerações. Muito mais do que uma questão de segurança pública, é uma questão de respeito ao próximo".

Comentários