Rio tem recorde de calor em sábado de aglomeração nas praias

Foi registrado 36,9 graus em Guaratiba, na Zona Oeste, a maior temperatura no mês de junho desde 2002

Por O Dia

Praia lotada na Barra da Tijuca
Praia lotada na Barra da Tijuca -
Rio - O forte calor registrado na cidade do Rio neste sábado, que fez muita gente ignorar as medidas de isolamento contra o coronavírus, bateu recorde. De acordo com o Sistema Alerta Rio, a temperatura bateu 36,9 graus em Guaratiba, na Zona Oeste, às 13h45, a maior no mês de junho desde 2002.

Galeria de Fotos

Praia lotada na Barra da Tijuca Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia
Praia lotada; homem tirando foto de casal Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia
Rio,13/06/2020 -COVID-19 -CORONAVIRUS, BARRA DA TIJUCA, praia da Barra. Na foto,muitas pessoas no calcadao.Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Policial tentar convencer as pessoas a saírem da praia Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia
Pessoas no calçadão da Barra Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia
Policial tentar convencer as pessoas a saírem da areia Cléber Mendes
Foi possível encontrar até crianças na aglomeração da praia Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia
Rio,13/06/2020 -COVID-19 -CORONAVIRUS, BARRA DA TIJUCA, praia da Barra. Na foto, praia lotada.Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia Cléber Mendes
Praia lotada na Barra da Tijuca Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia


Segundo o serviço de meteorologia do município, isso ocorreu devido a atuação de um sistema de alta pressão, que já havia provocado temperaturas mais altas nos últimos dias. Somado à isso, ventos quentes e secos, associados à aproximação de uma frente fria, elevaram mais ainda a temperatura neste sábado .

Antes, o maior registro no mês de junho era 35,7°C, também em Guaratiba, em 2015. Esta marca foi ultrapassada na última quinta-feira (11/6), quando termômetros marcaram 35,8°C, na mesma estação.

Frente fria muda o tempo no domingo
Neste domingo, a aproximação e a passagem de uma frente fria pelo oceano provocará aumento de nebulosidade no Rio. Há previsão chuva fraca a moderada, a partir do início da manhã, com ventos moderados a fortes e temperaturas em declínio acentuado.

Na segunda-feira, o transporte de umidade manterá o tempo instável na cidade e há previsão de chuva fraca a moderada isolada a qualquer momento do dia. Já na terça-feira (16/06) e na quarta-feira (17/06), o posicionamento de um sistema de alta pressão ocasionará redução de nebulosidade e não há previsão de chuva para o período.

Comentários