Mais Lidas

Bolsonaro vem ao Rio para enterro de paraquedista morto no Campo dos Afonsos

Equipe do DIA flagrou quando o soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves ficou preso em aeronave durante exercício militar, neste sábado

Por O Dia*

Presidente cumprimentou familiares do soldado Pedro Lucas Chaves
Presidente cumprimentou familiares do soldado Pedro Lucas Chaves -
Rio - O presidente Jair Bolsonaro veio ao Rio, neste domingo, para participar do funeral do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves, de 19 anos, que morreu ontem durante um treinamento no Campo dos Afonsos, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, após o paraquedas dele não abrir corretamente. 
Bolsonaro foi membro da Brigada de Infantaria Paraquedista em sua carreira no Exército. O presidente pegou voo de volta para Brasília logo após a cerimônia, por volta das 11h. O acesso ao local foi restrito à imprensa. O presidente não falou com os jornalistas presentes.
O velório do soldado aconteceu durante a manhã no ginásio da 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista (26º BI Pqdt), na Vila Militar. Por volta das 11h30, o corpo do militar deixou o local em direção ao cemitério do Pechincha, em Jacarepaguá, ainda na Zona Oeste, onde será sepultado.

Galeria de Fotos

Funeral do militar aconteceu na manhã deste domingo Arquivo Pessoal
Bolsonaro foi da Brigada de Infantaria Paraquedista em sua carreira no Exército Arquivo Pessoal
Presidente cumprimentou familiares do soldado Pedro Lucas Chaves Arquivo Pessoal
Corpo do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves deixou o 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista no fim da manhã Gilvan de Souza / Agência O DIA
Corpo do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves deixou o 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista no fim da manhã Gilvan de Souza / Agência O DIA
Corpo do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves deixou o 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista no fim da manhã Gilvan de Souza / Agência O DIA
Corpo do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves deixou o 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista no fim da manhã Gilvan de Souza / Agência O DIA
Corpo do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves deixou o 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista no fim da manhã Gilvan de Souza / Agência O DIA
Bolsonaro embarcou bem cedo da Base Aérea de Brasília com destino à capital fluminense. A assessoria do Palácio do Planalto havia informado que o presidente seguiu para uma agenda pessoal no Rio, ligada à Brigada de Infantaria Paraquedista do Exército.
FLAGRA DO DIA
O acidente com o soldado aconteceu quando ele executava um exercício durante o lançamento de paraquedistas. Durante o salto, o militar ficou preso à aeronave, um modelo C-105 Amazonas e, após os procedimentos de emergência, a abertura de seu paraquedas não ocorreu adequadamente.
O fotógrafo Luciano Belford, do DIA, flagrou o momento exato do incidente.
"Fotografei o acidente quando passava pela Avenida Brasil, na altura de Deodoro. O medo era de que o paraquedas caísse sobre algum dos veículos e causasse um acidente ainda maior", contou Belford.
O soldado chegou a ser socorrido no Hospital Geral do Rio de Janeiro (HGeRJ), na Vila Militar, onde foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos. O Comando Militar Leste (CML) disse que foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

Galeria de Fotos

Corpo do soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves deixou o 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista no fim da manhã Gilvan de Souza / Agência O DIA
Equipe do DIA flagrou militar pendurado em aeronave Luciano Belford / Agência O Dia
Equipe do DIA flagrou militar pendurado em aeronave Luciano Belford / Agência O DIA
Equipe do DIA flagrou militar pendurado em aeronave Luciano Belford / Agência O Dia
Vídeos que circulam na Internet mostram a queda do militar; confira!
* Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários