Equipamentos para Teresópolis

Cidade da Região Serrana do Rio irá receber respiradores, monitores e poderá abrir mais dez leitos

Por O Dia

Crivella anuncia cessão de equipamentos para Teresópolis
Crivella anuncia cessão de equipamentos para Teresópolis -

O prefeito Marcelo Crivella anunciou, ontem, que a Prefeitura do Rio vai ceder 20 equipamentos de UTI, dentre respiradores e monitores, para ajudar o município de Teresópolis, na Região Serrana, no combate à covid-19. Com os kits, será possível abrir dez leitos em unidades intensivas na região que, atualmente, dispõe de 25 leitos totais de UTI na rede pública de Saúde. Teresópolis possui 986 casos confirmados e 47 mortes, segundo boletim divulgado ontem pelo Estado do Rio. 

"Faltam respiradores em muitos lugares, mas não vão faltar em Teresópolis. Com as curvas de óbito e contaminação caindo, podemos ajudar municípios da Baixada e da Região Serrana, que não precisarão mais trazer os pacientes para a capital e fazer o diagnóstico precoce da doença", afirma Crivella. Os kits com equipamentos ficarão cedidos ao município enquanto durar a pandemia, e a prefeitura reforça a importância do aparato para garantir o desafogamento do sistema de saúde da cidade. O boletim do governo do estado de ontem aponta que os 16 municípios da região soma 3.755 casos confirmados e 245 mortes.

Teresópolis é a décima cidade a receber amparo de kits de saúde da prefeitura da capital. Os dez leitos abertos na cidade a partir da cessão dos 20 equipamentos somam-se aos 170 leitos que já haviam sido abertos pelo Estado do Rio. A estratégia do governo municipal é priorizar a ampliação da malha de leitos disponíveis em municípios vizinhos dentro da Região Metropolitana I - capital e municípios da Baixada Fluminense. Todos os leitos abertos estão disponíveis na Central de Regulação. 

Sem data para torcida

O prefeito voltou atrás sobre a liberação de torcidas em partidas de futebol no município a partir de 10 de julho, e o retorno com lotação máxima de um terço da capacidade de público está sem data definida. Os torcedores devem, ainda, manter distância de ao menos 4 metros quadrados por pessoa e venda online de ingressos. de A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial na última sexta-feira, dia 26, dez dias depois da retomadas das rodadas do Campeonato Carioca.

Retorno aos estádios

A liberação segura de partidas do Campeonato Carioca com público vai depender da viabilidade de garantir a devida fiscalização de medidas de proteção e de distanciamento social pelo público, com auxílio da Polícia Militar, aponta a prefeitura. O governo estuda, também, como a medida foi recebida pelos torcedores. As atividades só vão retornar quando houver garantia da volta segura. 

Comentários