Articulado colide em estação Interlagos, na Barra, após viatura invadir corredor do BRT Transoeste - Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Articulado colide em estação Interlagos, na Barra, após viatura invadir corredor do BRT TransoesteRicardo Cassiano/ Agência O DIA
Por Beatriz Perez e Bernardo Costa
Publicado 03/09/2020 09:50 | Atualizado 03/09/2020 14:24
Rio - Um ônibus BRT invadiu a estação Interlagos, do corredor Transoeste, na Barra da Tijuca, na manhã desta quinta-feira. O articulado colidiu com a estação após o motorista precisar desviar de uma viatura da Polícia Militar que utilizava a pista, no sentido Alvorada. Segundo o BRT, a manobra do motorista evitou uma colisão de proporções ainda maiores. Cerca de quinze passageiros do veículo sofreram ferimentos leves. O governador em exercício, Cláudio Castro, determinou apuração rigorosa sobre o caso.
A estação fica na Avenida das Américas, na altura do número 10.605, em frente à concessionária Fiat Itália.
Publicidade

Galeria de Fotos

Viatura da PM invadiu corredor do BRT para acessar canteiro central, em frente à Estação Interlagos, na Avenida das Américas Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Viatura da PM invadiu corredor do BRT para acessar canteiro central, em frente à Estação Interlagos, na Avenida das Américas Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Viatura da PM invadiu corredor do BRT para acessar canteiro central, em frente à Estação Interlagos, na Avenida das Américas Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Articulado colide em estação Interlagos, na Barra, após viatura invadir corredor do BRT Transoeste Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Articulado colide em estação Interlagos, na Barra, após viatura invadir corredor do BRT Transoeste Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Articulado colide em estação Interlagos, na Barra, após viatura invadir corredor do BRT Transoeste Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Articulado colide em estação Interlagos, na Barra, após viatura invadir corredor do BRT Transoeste Ricardo Cassiano/ Agência O DIA
Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na estação Interlagos Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na estação Interlagos Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na estação Interlagos Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na estação Interlagos Reprodução / Internet
Acidente aconteceu na estação Interlagos Reprodução / Internet
Ônibus invade estação do BRT Interlagos, na Barra da Tijuca Reprodução
O subsecretário Municipal de Transportes, Allan Borges, destaca que fez contato com o motorista por telefone e o parabenizou pelo zelo com os passageiros. "O motorista estava muito abalado. A todo momento queria saber se havia algum ferido grave e chegou a embargar a voz. Falei que estamos à disposição e parabenizei pela atitude e pelo cuidado com os passageiros", conta. O motorista foi socorrido com ferimentos leves ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.
Publicidade
Segundo o subsecretário, o veículo transportava entre 40 e 50 pessoas, no entanto, um passageiro ouvido pela reportagem calcula que houvesse cerca de cem pessoas no ônibus.
Borges explica que a PM pode acessar a pista exclusiva do BRT durante o cumprimento de alguma ocorrência. Já o subtenente Gonçalves, do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), informa que a viatura em questão não estava em ocorrência, mas em patrulhamento. O militar diz que o veículo entrou na pista para acessar um espaço no canteiro central, entre os dois sentidos do BRT, em frente à Estação Interlagos. Segudo o subtenente, a viatura utiliza esse ponto como base de patrulhamento 24 horas por dia.
Publicidade
O auxiliar de motorista Reginaldo Teixeira da Silva, 42, conta que o veículo estava lotado. Ele estava sentado atrás de um banco preferencial e no momento da colisão tentou amparar uma gestante. O passageiro também se segurou na barra de ferro e teve o corpo projetado para cima, o que provocou inchaço no pulso. O homem e dezenas de pessoas procuraram atendimento no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra. Reginaldo aguarda para realizar um exame de raio-x.
"Fui tentar segurar a gestante e não tive o controle do meu corpo. Tentei segurar no ferro, meu braço machucou. O BRT estava lotado. As pessoas foram jogadas para a frente do ônibus. Pensei logo no meu filho de três anos", conta o passageiro.
Publicidade
Reginaldo procura emprego e estava a caminho de um processo seletivo para auxiliar de serviços gerais em um shopping. "Não conseguir chegar no processo, que seria para começar na semana que vem. Agora, não sei como vai ser", lamenta.
BRT invade estação Interlagos, na Barra da Tijuca
Leia: https://t.co/huG0wIazNm
Crédito: WhatsApp #ODia pic.twitter.com/rKkXC8xySF
Publicidade
Veja outro vídeo sobre a invasão do BRT na estação Interlagos.
Leia: https://t.co/huG0wIazNm pic.twitter.com/YlKDPUlpXB
Publicidade
Governador em exercício determina apuração
Publicidade
O governador em exercício Cláudio Castro determinou rigorosa apuração sobre o acidente ocorrido hoje no BRT Transoeste, na Barra da Tijuca, envolvendo um carro da Polícia Militar, em deslocamento. O Grupo de Busca e Salvamento, da Defesa Civil, e o Quartel do Corpo de Bombeiros do Recreio dos Bandeirantes foram acionados para prestar socorro imediato a 15 vítimas no local, que ficaram feridas sem gravidade.
Devido ao acidente, a estação Interlagos precisou ser fechada e a Avenida das Américas foi interditada nos dois sentidos. Os Bombeiros foram acionados para a ocorrência às 9h20. Equipes do quartel da Barra da Tijuca estão no local.
Publicidade
A Polícia Civil abriu inquérito na 16ª DP (Barra da Tijuca) para apurar as causas do acidente. Uma perícia foi realizada no local pelo Instituto Carlos Éboli.
A Secretaria Municipal de Saúde informou que oito pacientes socorridos no Hospital Municipal Lourenço Jorge, após ferimentos leves, passavam por atendimento no início da tarde. 
Publicidade
A PM informa que os policiais militares não se feriram. No âmbito da Corporação, o Centro de Criminalística da Polícia Militar (CCrim) designou uma equipe para realizar a perícia no local, e o comando do 31º BPM instaurou procedimento apuratório interno. Os policiais serão ouvidos para que se entenda a dinâmica do acidente.