Ex-governador Sérgio Cabral - Reprodução de vídeo
Ex-governador Sérgio CabralReprodução de vídeo
Por O Dia
Rio - Sérgio Cabral foi condenado pela 15ª vez na Operação Lava Jato, desta vez a pena foi de 8 anos e 7 meses de prisão. Com isso, as penas do ex-governador do Rio de Janeiro chegam a 302 anos, 10 meses e 3 dias. A informação foi divulgada pela GloboNews nesta quinta-feira. 
De acordo com a reportagem, a 15ª condenação foi pela lavagem de R$ 3,1 milhões de propina arrecadada no esquema de corrupção chefiado por ele enquanto foi governador. O dinheiro obtido de forma ilegal foi "lavado" por meio da emissão de notas fiscais falsas do escritório de Adriana Ancelmo e do sócio dela, Thiago Aragão.  
Publicidade
A dupla também foi condenada. A ex-primeira-dama a 10 anos de prisão e o sócio a 8 anos. A defesa de Cabral informou que discorda da pena aplicada e que vai recorrer.