Advogada diz que se apresentará com organizadores para esclarecer 'Clássico do Milhão' em Itaoca

Policiais da 72ª DP (Mutuá) investigam a origem de um prêmio pago a uma partida de futebol, ocorrida no domingo, na comunidade da Itaoca, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, onde jogadores aparecem exibindo diversos maços de dinheiro. A região é controlada pelo tráfico de drogas

Por Beatriz Perez

Jogadores durante premiação
Jogadores durante premiação -
Rio - A advogada dos organizadores de um jogo de futebol, ocorrido no domingo, na comunidade da Itaoca, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, em que jogadores aparecem exibindo diversos maços de dinheiro, foi acionada nesta quinta-feira por policiais da 72ª DP (Mutuá). Ela disse que se apresentaria junto aos clientes na tarde desta quinta-feira para esclarecer a origem do prêmio em dinheiro oferecido no evento.

Galeria de Fotos

Jogo aconteceu no último domingo (4) Whatsapp O Dia (98762-8248)
Jogadores durante premiação Whatsapp O Dia (98762-8248)
Reprodução
O delegado Allan Duarte, titular da 72ª DP, disse que já identificou atletas que participaram do jogo e que a equipe de inteligência da unidade vai apurar se o montante de R$ 50 mil oferecido ao vencedor da disputa tem origem ilícita.
"Marcamos para ouvir os organizadores do evento e esclarecer o que de fato aconteceu. A gente conseguiu identificar muitos daqueles atletas. Vamos trabalhar com os dados de inteligência para saber se houve ligação direta ou indireta com o tráfico. Se ficar apurado que sabiam que o prêmio tinha origem ilícita, podem responder pelo crime de associação ao tráfico", explica o delegado.
A polícia apura quem foi o responsável pelo pagamento do prêmio ao time vencedor e a origem do dinheiro.
De acordo com informações da 72ª DP (São Gonçalo), as investigações estão em andamento para apurar os crimes de associação ao tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e disparo de arma de fogo. Os agentes buscam identificar quem são as pessoas que aparecem nas imagens e os criminosos que atiram à beira do campo em um vídeo que também é analisado pela polícia.

Comentários