Wellington de Moraes Silva, conhecido pelos apelidos de 'Munrá' ou 'Tenente', é aliado ao miliciano Ecko
Wellington de Moraes Silva, conhecido pelos apelidos de 'Munrá' ou 'Tenente', é aliado ao miliciano EckoDivulgação
Por O Dia
Rio - Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) prenderam nesta terça-feira (6) o miliciano Wellington de Moraes Silva, o 'Tenente' ou 'Munrá'. Investigações apontam que ele comanda os grupos paramilitares que atuam nas comunidades Terreirão, Dois Irmãos, Gardênia Azul e Santa Maria, todas na Zona Oeste do Rio.
O miliciano foi detido em seu carro particular, quando passava na via expressa Transolímpica. Ele estava armado com uma pistola, mas não resistiu à prisão. 

De acordo com a Polícia Civil, Wellington é aliado ao maior miliciano do Estado do Rio, Wellington da Silva Braga, o "Ecko".
Publicidade
Ele teria assumido a liderança em algumas comunidades da Zona Oeste após as prisões de Pedro Paulo Silva de Oliveira, o Neném, e André Costa Barros, conhecido como Boto, que também são da milícia conhecida como Bonde do Ecko, a antiga Liga da Justiça.
Segundo investigações, Wellington foi quem coordenou a invasão de milicianos na comunidade Santa Maria, na Taquara, na semana passada.