Monique Medeiros
Monique MedeirosReprodução
Por O Dia
Rio - Internada para tratar a Covid-19, Monique Medeiros da Costa e Silva recebeu alta hospitalar na noite desta sexta-feira. A mãe de Henry Borel, que estava internada no Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, desde o dia 19 de abril, já foi transferida de volta para o Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, na Região Metropolitana. Na unidade, a professora irá passar por um novo isolamento social de 14 dias, que segue os protocolos de combate ao novo coronavírus da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). 
Monique testou positivo para o novo coronavírus após fazer o exame no Instituto Penal Ismael Sirieiro, penitenciária em que estava presa temporariamente desde o dia 8 de abril. A professora também contraiu uma infecção urinária pouco antes de testar positivo para covid-19. Ela e o ex-namorado, o vereador Dr. Jairinho (sem partido) são acusados de serem os responsáveis pela morte de Henry Borel, quatro anos
Publicidade
Nesta sexta-feira, o vereador foi transferido para uma cela comum do Presídio Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo de Gericinó, conhecido como Bangu 8. A unidade é exclusiva para presos com nível superior ou condenados pelas investigações da Operação Lava Jato.