ANPTrilhos pede inclusão de metroferroviários em vacinação prioritária contra a covid-19
ANPTrilhos pede inclusão de metroferroviários em vacinação prioritária contra a covid-19Foto: Rômullo Espíndola
Por O Dia
Rio - A Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos) e os operadores do Rio solicitaram, ao governo do estado e a Prefeitura do Rio, a inclusão dos profissionais do setor metroferroviário no calendário prioritário de vacinação, definido para os funcionários do transporte público. Nesta segunda-feira, a ANPTrilhos se reuniu com o vice-prefeito do Rio, Nilton Caldeira, para solicitar a inclusão do setor.

A Prefeitura do Rio divulgou a inclusão dos motoristas de ônibus, de transporte escolar e cobradores no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19, porém mais de 5 mil profissionais que atuam nos sistemas de metrô, trem e VLT no estado ficaram de fora na inclusão.
Ainda segundo a ANPTrilhos, o setor metroferroviário de passageiros do Rio transporta diariamente mais de 600 mil passageiros, sendo um serviço essencial que, garante a circulação da população e também contribui com o funcionamento de outros serviços essenciais, como o da saúde.
Publicidade
"O transporte público é um serviço essencial e todos os seus profissionais atuam diariamente no atendimento à população nos sistemas de metrô, trem urbano, do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), barcas e ônibus em todo o país. Todos os profissionais de mobilidade urbana são responsáveis pelo atendimento e transporte de milhões de brasileiros e devem receber a mesma atenção e cuidado diante da pandemia causada pela covid-19. Eles atuam desde o início da pandemia, em estações, bilheterias, manutenção, além da condução dos trens, metrô, VLT e barcas para garantir o direito de ir e vir da população fluminense", informaram em nota. 

Em nota, a ANPTrilhos ressaltou que repudia "a discriminação que esses profissionais estão sofrendo ao não serem incluídos no grupo prioritário de vacinação como os demais colaboradores do transporte público".
Campanha de vacinação
Publicidade
Na última terça-feira (27), a Prefeitura do Rio anunciou uma nova fase de campanha de vacinação contra a covid-19. Com o novo calendário, profissionais de segurança, funcionários da limpeza urbana; da saúde; da educação no setor público e privado; da segurança e salvamento; rodoviários e os que atuam no transporte escolar foram contemplados
Publicidade
Todos os grupos devem seguir a ordem de escalonamento de idade, com exceção das mulheres grávidas que possuírem alguma comorbidades.



,