Fiocruz anunciou que deve receber uma nova remessa do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) até sábado (22), o que irá assegurar a produção de 12 milhões de unidades da Oxford / AstraZeneca
Fiocruz anunciou que deve receber uma nova remessa do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) até sábado (22), o que irá assegurar a produção de 12 milhões de unidades da Oxford / AstraZenecaAFP
Por Jorge Costa*
Rio - Após uma semana turbulenta com a suspensão das doses da CoronaVac em dez municípios da Região Metropolitana, a campanha de vacinação com o imunizante foi retomada e a distribuição da segunda aplicação segue normalmente nesta terça-feira (18), mas os estoques das prefeituras podem acabar nesta semana. Um levantamento feito pelo DIA mostra a situação da capital e sete cidades fluminenses.

No Rio de Janeiro a campanha contra a covid-19 é feita com a chamada de duas faixas etárias por dia a partir desta terça (18). Homens e mulheres de 44 anos dos grupos prioritários foram imunizados durante a manhã e, à tarde, quem tem 43 anos pode comparecer para receber a vacina. A partir de quarta (19), pessoas de 42 e 41 anos serão imunizadas.

Procurada, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio não informou a quantidade de estoques de vacinas até o momento.

Apesar da retomada da vacinação, as reservas da CoronaVac continuam pequenos. A baixa entrega do imunizante foi provocada pela falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), proveniente da China. Para esta terça (18) estava programada a chegada de um novo lote da matéria-prima destinado ao Instituto Butantan, o que não aconteceu. O instituto confirmou para a próxima quarta (26) a chegada de 4 mil litros do IFA, capazes de gerar a produção de 7 milhões de doses da CoronaVac.

A Fiocruz também informou que deve receber uma nova remessa do IFA neste sábado (22), assegurando a continuidade da produção da vacina Oxford / AstraZeneca para as próximas semanas, com a fabricação de 12 milhões de unidades.

Entre sexta-feira (14) e sábado (15), o estado distribuiu 307 mil doses de vacinas contra covid-19 no total. Desta quantidade, 90 mil doses de CoronaVac e 217 mil da Oxford/AstraZeneca.

Municípios com poucos estoques da vacina

A prefeitura de Mesquita suspendeu a vacinação para a primeira dose nesta terça (18). A segunda aplicação com a CoronaVac também foi paralisada e o município apenas continua com a oferta de segunda dose para quem estiver aguardando a vacina de Oxford/AstraZeneca. Não há previsão para novas remessas até o momento. A última entrega foi feita no sábado (15), sendo destinado pelo estado 2070 doses da CoronaVac e 1700 unidades da Oxford / AstraZeneca.

Nova Iguaçu pode suspender ainda hoje a vacinação com a segunda dose da CoronaVac. Uma avaliação será feita na tarde de hoje (18) para verificar se o município dará continuidade ou não com a segunda aplicação do imunizante. 17 mil doses da CoronaVac e 8 mil da Oxford / AstraZeneca foram entregues na sexta (14).

Em Itaboraí, os estoques para a vacinação com a primeira dose só devem durar até esta quinta-feira (20). O município não informou as previsões para a segunda aplicação e disse que não tem informações sobre novas remessas até o momento.

O município de Duque de Caxias recebeu 8.870 doses da Oxford / AstraZeneca e 8.160 doses de CoronaVac e segue com a aplicação da primeira e segunda dose nesta terça (18), mas não há previsão para a aplicação da segunda dose a partir de quinta (20).

Municípios com estoques garantidos para esta semana

As prefeituras de Guapimirim, São Gonçalo e São João de Meriti informaram que a vacinação segue com normalidade nos municípios.

Em São Gonçalo, novas remessas devem chegar ainda hoje com doses para a primeira e segunda aplicação. A prefeitura informou que até o momento conta com 95 mil doses da vacina Oxford / AstraZeneca e 20 mil unidades da CoronaVac. A campanha seguirá normalmente durante a semana.

A prefeitura de Guapimirim informou que as quantidades em estoque devem ser suficientes para esta semana. A vacinação com a primeira dose segue interrompida, mas deve ser retomada na quinta-feira (20). São 620 unidades da Oxford / AstraZeneca e 160 da CoronaVac.

O município de São João de Meriti informou que possui estoques para manter a vacinação com a primeira e segunda dose para os próximos dez dias. O município recebeu novas remessas na segunda e planejou a distribuição de 6475 unidades da Oxford / AstraZeneca e 150 da CoronaVac para primeira dose. Para a segunda aplicação, estão reservados 42.195 frascos da Oxford / AstraZeneca e 2200 da CoronaVac.
Estagiário sob supervisão de Thiago Antunes