Imagens flagram o momento do furtoReprodução / Redes Sociais

Rio - O Conselho Disciplinar da Polícia Militar identificou, através de imagens das câmeras de segurança de uma casa localizada na comunidade Vila Aliança, Zona Oeste da cidade, nesta quinta-feira (10), os agentes que aparecem mexendo e furtando pertences de moradores da região após uma invasão ao imóvel. O caso aconteceu na última segunda-feira (7).
De acordo com informações divulgadas pelo portal G1, da TV Globo, um dos proprietários da casa teria alegado que os PMs furtaram uma caixa de som, um vidro de perfume, um quilo de carne congelada e oito caixinhas de água de coco. Além disso, ele teria afirmado que os agentes não tinham mandado de busca ou qualquer flagrante que justificassem a entrada no imóvel. 
Segundo a corporação, eles fazem parte do Batalhão de Ações com Cães (BAC), foram convocados para prestar depoimento de imediato e já estão afastados de suas funções. O nome dos envolvidos não foi divulgado.
Nas filmagens é possível vê-los andando pela residência. Em determinado momento, um deles acha uma garrafa com bebida alcoólica, cheira, e diz: "Isso aqui tá aberto. Ih, tá esculachado já". Em outro trecho do vídeo um agente, que está na cozinha, chama um companheiro para avaliar o que tem na geladeira da casa: "Vem ver a geladeira, pra tu ver o que é e o que não é".
Ainda de acordo com a TV Globo, o morador decidiu instalar um circuito de segurança com transmissão em tempo real depois de, segundo ele, sua casa ter sido revirada por PMs em outras dez ocasiões. 
Procurada pelo DIA, a Polícia Militar informou que não compactua com desvios de conduta cometidos por seus entes, punindo com extremo rigor os envolvidos quando constatados os fatos. Além disso, orienta que a população formalize toda e qualquer denúncia relativa a conduta de policiais militares através da corregedoria, pelo telefone (21) 2725-9098, pelo whatsapp 21 97598-4593 ou ainda pelo e-mail [email protected]