Polícia Civil investiga se Jaeder, à esquerda, e Carlos Henrique, à direita, foram executadosReprodução/Redes Sociais

Rio - A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga a morte de dois homens que tiveram os corpos encontrados dentro de um veículo, na última terça-feira (10), em uma região de sítios, no distrito de Tinguá, no município de Nova Iguaçu. As vítimas foram identificadas como o médico Jaeder de Oliveira Reis e um amigo dele, o estudante de medicina Carlos Henrique. 

De acordo com a Polícia Militar, os dois corpos tinham marcas de tiros e foram localizados na Estrada do Comércio. A área foi isolada e a perícia acionada. A Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento. Os agentes buscam testemunhas e imagens de câmeras de segurança para esclarecer o caso. Segundo a titular da especializada, a delegada Ana Carolina Medeiros Caldas, Jaeder e Carlos Henrique, podem ter sido executados.
Entretanto, outras linhas de investigação não foram descartadas e ainda não se sabe a motivação do crime. Jaeder chegou a trabalhar nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Austin e Senador Camará. Mas, segundo a Prefeitura de Nova Iguaçu, ele não prestava serviço para o município há mais de um ano. Ainda não há informações sobre os velórios e sepultamentos das vítimas.