Pessoas com 40 anos ou mais já podem tomar a segunda dose de reforçoFoto: Anselmo Mourão

Rio - Um levantamento feito pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) aponta que 2 milhões de moradores do Rio acima de 5 anos ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra a covid-19. Publicado nesta quinta-feira (23), o estudo também revelou que mais de 1,5 milhão de fluminenses não retornaram aos postos de saúde para receber a segunda dose.
O secretário de Saúde Alexandre Chieppe alertou para a importância de completar o esquema vacinal. "A principal forma de evitarmos internações e óbitos pela covid-19 é a vacinação. Estudos mostram que, desde o início da campanha, houve uma redução significativa das formas graves da covid. Por isso, fazemos um apelo para que a população procure os postos de saúde para receber o imunizante o quanto antes", afirmou.
Os dados registrados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações mostram que o número de pessoas com doses de reforço atrasadas é ainda maior. Dos 12 milhões de maiores de 18 anos com esquema vacinal primário completo, apenas 6 milhões voltaram para concluir a imunização. Vale ressaltar que todos com 40 anos ou mais já podem tomar a quarta dose (segundo reforço).
Um outro levantamento feito pela SES entre os dias 9 e 10 de junho mostrou que 59% dos internados por covid-19 não apresentavam o esquema vacinal completo. A maior parte era de idosos, sendo a mediana de idade de 69 anos. Além disso, 16% dos hospitalizados tinham alguma comorbidade.
Desde o dia 30 de maio, o Ministério da Saúde recomenda a aplicação da primeira dose de reforço para a população entre 12 e 17 anos. Com isso, mais 1,3 milhão de pessoas devem receber a vacinação após completar o esquema primário.
Para as pessoas com 40 anos ou mais, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos, a recomendação é que todas sejam vacinadas com a segunda dose de reforço. Essa também é a pedida para quem recebeu a dose única da Janssen e tenha um intervalo de, no mínimo, quatro meses da aplicação anterior.
Vacinação no município do Rio até sábado, dia 25
Primeira dose:
Pessoas com 5 anos ou mais que ainda não se vacinaram.
Segunda dose:
Pessoas com 5 anos ou mais que tomaram, na primeira dose, as vacinas CoronaVac, Pfizer ou AstraZeneca, de acordo com a data marcada no comprovante de vacinação.
Primeira dose de reforço:
Pessoas com 12 anos ou mais, com intervalo de quatro meses após a segunda dose.
Pessoas com 18 anos ou mais que tomaram Janssen na primeira dose devem tomar o primeiro reforço após dois meses.
Segunda dose de reforço:
Pessoas com 40 anos ou mais, com intervalo de quatro meses após a primeira dose de reforço
Trabalhadores da saúde com 18 anos ou mais, com intervalo de quatro meses após a primeira dose de reforço.
Pessoas com 18 anos ou mais que tomaram Janssen na primeira dose, com intervalo de quatro meses após a primeira dose de reforço.
Terceira dose de reforço:
Pessoas com 40 anos ou mais que tomaram Janssen na primeira dose , com intervalo de quatro meses após a segunda dose de reforço.
Locais de vacinação
8h a 17h

- Clínicas da família
- Centros municipais de saúde
- Cidade das Artes – Barra da Tijuca (substitui CF José de Souza Herdy)
- Policlínica Lincoln de Freitas Filho – Santa Cruz
- Policlínica José Paranhos Fontenelle Olaria
- Tijuca Tênis Clube (substitui CMS Heitor Beltrão)
- Museu da República – Catete (substitui CMS Manoel Jose Ferreira)
9h a 17h

Shopping do Méier
10h a 17h

NorteShopping – Cachambi
8h a 16h30 (18 anos ou mais)

Theatro Municipal – Centro
9h a 16h (18 anos ou mais)
Corpo de Bombeiros 17º GBM – Copacabana
10h a 16h (18 anos ou mais)

Botafogo Praia Shopping