Editora torna realidade os jovens autores

Projeto promove a literatura na Baixada Fluminense e renda da venda dos livros ajuda no lançamento de novos talentos

Por O Dia

Thiago Kuerques e Jonatan Magella são os primeiros talentos do projeto -

Em busca de abrir espaço para novos autores na Baixada Fluminense, o projeto Incubadora de Sonhos acaba de render os primeiros frutos. Na última quinta-feira, 5 de julho, foram lançados os livros 'A Balada do Esquecido', de Thiago Kuerques, e 'Vidas Irrisórias', de Jonatan Magella.

Com o objetivo de promover a literatura na região, o projeto funciona como uma espécie de cooperativa. Assim, parte do valor arrecadado com a venda das obras lançadas pela Luva Editora é usa para investir em outros novos autores.

"O objetivo é investir na produção literária da Baixada e nos sonhos de diversos escritores. Para cada livro vendido, o leitor estará fomentando e incentivando jovens muito bons, de muito talento, que não ainda têm espaço no cenário editorial. Formamos um ciclo sustentável e damos visibilidade aos talentos da região", afirma o diretor da editora e organizador do projeto, Vitto Grazziano. 

Os dois autores lançados pelo projeto, por sinal, foram os finalistas da edição 2017 do Prêmio Baixada Fluminense na categoria Literatura. E a venda dos dois títulos vai possibilitar que outros dois autores tenham mesma oportunidade.

"Ter o meu primeiro romance lançado é uma felicidade imensa, principalmente um lançamento que faz parte de um projeto como este. É uma honra", destaca Thiago.

"Quero ver novos talentos surgindo, o que é sempre bom para a nossa literatura. É muito legal ver que algumas portas estão se abrindo", completa Jonatan.

Galeria de Fotos

Thiago Kuerques e Jonatan Magella são os primeiros talentos do projeto FOTOS Divulgação
Os escritores Jonatan Magella, de 'Vidas Irrisórias', e Thiago Kuerques, de 'A Balada do Esquecido', acabam de colocar a Baixada no circuito literário Divulgação

Comentários

Últimas de O Dia na Baixada