Cabelos saudáveis e bonitos

Terapia capilar deixa os fios livre da queda, quebra, caspa e oleosidade

Por

Alta frequência é um dos tratamentos que tratam o couro cabeludo -

O estresse diário, excesso de químicas e hábitos podem prejudicar a saúde dos cabelos. Uma análise profunda da fibra capilar, identificando patologias é o que pode salvar os fios. Mas estes cuidados vão muito além do trabalho de um cabeleireiro. Eles requerem um terapeuta capilar, especialista que estuda o couro cabeludo e a fibra em busca de uma solução para problemas como caspa, queda, oleosidade e quebra.

Depois de trabalhar 12 anos como cabeleireira, Fabíola Pontes, 38, viu que era preciso se aprofundar no conhecimento sobre cabelo e decidiu se especializar em terapia capilar. "Eu recebia muitas clientes com cabelos danificados e senti a necessidade de saber mais. Quando me especializei vi que muita coisa como cabeleireira eu fazia errado por falta de conhecimento. Muitos tratamentos que eu achava bom eu substituí por descobrir como eram prejudiciais. Me tornei uma profissional melhor".

O terapeuta capilar faz análise dos fios e dá um diagnóstico da saúde do cabelo, e, a partir daí, elabora um tratamento personalizado. Um deles é a alta frequência capilar, um aparelho que age emitindo correntes alternadas no couro cabeludo através de eletrodos, que melhora a chegada de nutrientes e oxigênio às células capilares, elimina as bactérias e a dermatite seborreica.

Engana-se quem pensa que o atendimento com um terapeuta capilar é caro. Fabíola garante que o preço cabe no bolso. "A análise e o diagnóstico são gratuitos. Os tratamentos custam a partir de R$ 59,90, depende da necessidade do cabelo", afirma a profissional que atende no Espaço Vip Fabíola Pontes, na Rua Crijó 63, na Prata, em Nova Iguaçu.

Comentários

Últimas de O Dia na Baixada