Duas mulheres são mortas após serem atropeladas por trem na Zona Norte

De acordo com a SuperVia, elas entraram na via férrea por meio de uma passagem clandestina

Por gabriela.mattos

Rio - Duas mulheres morreram após serem atropeladas por um trem, próximo à estação do Jacarezinho, no ramal Belford Roxo, por volta das 15h30 desta quinta-feira. Deusa Gonçalves, de 67 anos, e Aline Ramiro, de 21 anos, chegaram a ser levadas para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, mas não resistiram. Segundo o presidente da ONG Rio de Paz, Antonio Carlos Costa, elas eram avó e neta.

De acordo com a SuperVia, as vítimas acessaram indevidamente a via férrea por meio de uma passagem clandestina. A concessionária informou ainda que o Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) foi acionado para tomar as medidas necessárias.

Até o início da noite desta quinta-feira, as viagens da Central do Brasil para Belford Roxo foram temporariamente interrompidas por segurança. Os trens estão circulando apenas entre o Mercadão de Madureira e Belford Roxo.

"A SuperVia lamenta que mais um acidente tenha ocorrido em razão da travessia indevida de pedestres na linha férrea, área restrita à circulação dos trens. A concessionária lembra que é extremamente importante que a população respeite as normas de segurança com o objetivo de evitar acidentes", destacou a SuperVia, em nota. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia