Saquarema entra na Faixa Amarela com a flexibilização parcial de atividades econômicas

Estabelecimentos religiosos, lanchonetes, lojas de conveniência, hotéis e pousadas e até o surfe e outras atividades esportivas praticadas nas praias, lagoas e vias públicas estão liberadas com algumas restrições a partir desta segunda (15)

Por O Dia

Saquarema flexibiliza medidas de prevenção
Saquarema flexibiliza medidas de prevenção -
Publicado no início da noite deste domingo (14), na edição extra do Diário Oficial de Saquarema, o Decreto 2020 trata da flexibilização das atividades econômicas no Município de Saquarema no grau de 'Faixa Amarela', levando em conta os planos e ações de combate ao Novo Coronavírus, segundo informações da prefeitura.
De acordo com o texto publicado, o Plano Municipal de Flexibilização das Atividades Econômicas, Comerciais e de Serviços foi elaborado pela Equipe Técnica de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde e apresenta critérios orientadores e sinalizadores para a retomada gradual das atividades, em função da evolução da pandemia e da capacidade de atendimento hospitalar municipal, essenciais para estabelecer tomadas de decisão, inclusive designando Fases ou Faixas de Cores conforme o estágio de transição em que se encontra o Município em relação ao enfrentamento à Covid-19.
Estabelecimentos religiosos, lanchonetes, lojas de conveniência, hotéis e pousadas, salões de beleza e estética, academias e camelôs são algumas das atividades que voltam a funcionar com capacidade reduzida. Até o surfe e outras atividades esportivas praticadas nas praias, lagoas e vias públicas estão liberadas, mas só de segunda a sexta-feira, continuando proibidas aos finais de semana e feriados, para evitar aglomeração.
Baseado em índices como os de taxa de ocupação dos leitos existentes no Município; números de casos da Covid-19 em recuperação no Município; taxa de letalidade entre os que contraíram o coronavírus; e número de testes realizados em confronto com o número de testes confirmados, o Plano começa a valer a partir de hoje (15).

Comentários