Praça Baltazar da Silveira, em Teresópolis
Praça Baltazar da Silveira, em TeresópolisDivulgação
Por O Dia
A partir desta segunda-feira (22/03), o sistema de rodízio de CPF em Teresópolis passará a valer também para restrição de circulação de pessoas nos espaços públicos do município. Pessoas com CPF final par, incluindo o zero, poderão circular nos dias pares e pessoas com CPF final ímpar poderão circular nos dias ímpares. As pessoas devem portar documento oficial com foto que conste o número do CPF ou documento oficial com foto e o CPF ao transitar em locais públicos.
Não estão incluídos nesta regra os trabalhadores da saúde e de serviços veterinários, da segurança pública e privada, do segmento privado da educação, do transporte (ônibus, vans, táxis, aplicativos e vans escolares), de postos de combustíveis (exceto conveniência), das concessionárias de serviços públicos, de atividades de representação judicial e extrajudicial, os fiscais da equipe Covid-19, os cuidadores de idosos, tutores, curadores, advogados, contadores, motoboys e imprensa.
Publicidade
Expositores da Feirarte também estão isentos da obrigatoriedade do CPF, apenas no dia de funcionamento da feira. Além disso, não será exigido CPF para a locomoção para clínicas, hospitais e demais unidades de saúde, inclusive as veterinárias, resguardado o direito de locomoção com acompanhamento.
Desde a sexta-feira (19/03), Teresópolis endureceu as medidas de enfrentamento à pandemia, por meio do Decreto Municipal 5.483/202, que regulamenta medidas mais restritivas contra o avanço do contágio da Covid-19 no município.
Publicidade
Você pode gostar
Comentários