A longeva crise do Estado do Rio

Por

O que espanta na crise ética e moral de lideranças do Rio é a demora em ser apurada. Se há mais de uma década ditos comportamentos já existiam, mostra como os mecanismos controladores são lentos, e com isso onera de forma dramática a gestão pública.

José de Anchieta de Almeida

Praça da Bandeira

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários