Vitória que pouco acrescenta

Gol no fim garante triunfo do Flu sobre o Macaé, mas equipe é eliminada da Taça GB

Por O Dia

Richard divide a bola com um adversário: vitória não foi suficiente para manter o time na briga pela Taça GB
Richard divide a bola com um adversário: vitória não foi suficiente para manter o time na briga pela Taça GB - RUI PORTO FILHO/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

Nem mesmo a vitória de 1 a 0 sobre o Macaé, com gol de Dudu, ontem à noite, em Los Larios, foi suficiente para classificar o Fluminense às semifinais da Taça Guanabara. O Tricolor precisava vencer na última rodada e ainda ficar de olho em outros resultados, mas, com a vitória do Boavista por 1 a 0 sobre a Portuguesa, acabou ficando sem a vaga. O Macaé também foi eliminado. Com oito pontos, o time de Abel Braga ficou em terceiro lugar no Grupo C, em que se classificaram Boavista, em primeiro, e Botafogo, em segundo.

Fora da fase decisiva da Taça Guanabara, o Fluminense só volta a jogar agora na estreia na Taça Rio, dia 21, contra o Bangu.

Assistido por 526 paganetes, o primeiro tempo foi movimentado em Los Larios. O Fluminense dominou o jogo, mas a superioridade não se traduziu em gols. Já o Macaé praticamente não levava perigo ao goleiro Julio Cesar. Logo aos oito minutos, o Tricolor criou uma boa chance: Ayrton arrancou pela esquerda e cruzou para Marcos Junior mandar por cima do gol.

O Fluminense continuou dominando a partida e, aos 38, por pouco não abriu o placar: Richard recebeu de Jadson, invadiu a área pela direita, mas parou na defesa do goleiro Luis Cetin.

Ainda teve tempo para um outro lance de perigo antes do intervalo: aos 40, após cobrança de escanteio, Gum desviou de cabeça, mas Renato Chaves não conseguiu completar para o gol.

O Tricolor voltou sem alterações para o segundo tempo, mas Abel Braga logo mexeu, colocando Robinho no lugar de Sornoza. Aos 18 minutos, outra boa chance: após escanteio, Ayrton levantou para a área e Richard tocou de cabeça com perigo, mandando à esquerda do gol de Cetin.

Abel voltou a mudar o time, tirando Gilberto para a entrada de Matheus Alessandro. A torcida já ensaiava vaias quando o gol saiu no fim do jogo: aos 43, Pedro recebeu de Ayrton e bateu cruzado para Dudu, que havia entrado no lugar de Marcos Junior. Ele completou para o gol, livre de marcação. A vitória, no entanto, não impediu a eliminação na Taça Guanabara.

Comentários

Últimas de Esporte