Oswaldo de Oliveira foi demitido após conflito com um jornalista - Bruno Cantini / Atlético
Oswaldo de Oliveira foi demitido após conflito com um jornalistaBruno Cantini / Atlético
Por O Dia

Minas Gerais - A Federação Brasileira de Técnicos de Futebol (FBTF) anunciou que os treinadores irão fazer um minuto de silêncio antes das coletivas das partidas deste fim de semana. Alguns técnicos já realizaram o ato nessa sexta-feira, como o do Santo André, Paulo Roberto Santos e o do Cruzeiro, Mano Menezes. O protesto é contra a demissão de Oswaldo de Oliveira do Atlético-MG. Ele discutiu com o jornalista Léo Gomide após o Galo empatar com o Atlético-AC, pela Copa do Brasil.

Apesar de o motivo alegado para a demissão de Oswaldo não ter sido a briga, acredita-se que esta influenciou na decisão da diretoria atleticana. O Atlético-MG apenas disse que foi devido o time não estar rendendo o esperado.

Na temporada, o treinador disputou seis partidas pelo clube mineiro, sendo uma pela Copa do Brasil e cinco pelo Estadual. A equipe ganhou dois jogos, contra o Democrata GV e a URT; perdeu para o Villa Nova-MG; e empatou com Boa Esporte, Patrocinense e Atlético-AC.

Você pode gostar
Comentários