Mais Lidas

Edmundo critica reclamações do Botafogo por 'chororô': 'Alegria do futebol se perdeu'

Ex-atacante voltou a apoiar Vinicius Jr

Por O Dia

Edmundo
Edmundo -

Rio - A comemoração de Vinicius Jr no clássico contra o Botafogo está dando o que falar. Após marcar o terceiro gol do Flamengo na partida, o garoto relembrou o gesto do 'chororô' e gerou revolta alvinegra, incluindo a proibição da realização da final da Taça Guanabara no Estádio Nilton Santos. O ex-atacante Edmundo não tem gostado da repercussão.

O comentarista concordou com Neymar, que afirmou nesta semana, que 'o futebol está chato'. Além disso, Edmundo também voltou a dizer que não vê nenhum problema na provocação e cobrou que os alvinegros devolvam na mesma moeda.

"A alegria do futebol carioca se perdeu, por isso que está chato. O menino, com 17 anos, ele cresceu nessa geração do chororô. Pelo amor de Deus, torcedor do Botafogo, não é para você ficar chateado, é para você ser criativo e arrumar um jeito de tirar sarro do Flamengo, também, porque essa é a parte legal e democrática. Daqui a pouco será proibido fazer o gol", afirmou, em programa da Fox Sports.

Além disso, o ex-atacante de Vasco, Flamengo e Fluminense indicou que não gosta de ver a comemoração ser mais repercutida do que o belo gol marcado pelo garoto.

"Dentro daquele palco verde ali, tem que aflorar o talento. Não dá para coibir o talento. Olha que pintura que o menino fez. Sabe qual foi o tamanho do gol do Vinicius Júnior perante o chororô, a vibração? Foi zero. Ninguém fala do gol. Pessoal fala mais da comemoração do que da batida do menino ao gol, do golaço que o menino de 17 anos fez no clássico."

Dentro de campo, Vinicius Jr chegou a ser confrontado por alguns jogadores do Botafogo, mas a confusão logo se dissipou. Nos bastidores, entretanto, a diretoria alvinegra afirmou, em nota oficial, que não vai liberar o Nilton Santos para a decisão da Taça Guanabara por não ter recebido nenhuma retratação do Rubro-Negro ou do jogador.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários