Mobi agiliza tempo de resposta da PM a ocorrência

Monitoramento por GPS do novo sistema de transporte coletivo ajuda policiais a identificar e abordar ônibus que seria alvo de dois homens suspeitos

Por O Dia

Sala do Centro Integrado de Segurança Pública de Campos, que une as câmeras de vigilância da cidade ao monitoramento por GPS do novo sistema de transporte coletivo
Sala do Centro Integrado de Segurança Pública de Campos, que une as câmeras de vigilância da cidade ao monitoramento por GPS do novo sistema de transporte coletivo -
Campos — A modernização do sistema de transporte público tem apresentado reflexos positivos em outras áreas, como a de segurança pública. Na terça-feira, a integração do sistema de monitoramento em tempo real das linhas de ônibus e vans com o Centro de Segurança Pública de Campos (Cisp) levou a uma rápida ação da polícia militar em resposta a uma ocorrência.
Quando a PM recebeu a denúncia do embarque de dois homens suspeitos em um ônibus que fazia a linha Rodoviária x Travessão, rapidamente o veículo foi rastreado pelos técnicos do Mobi, programa que faz o rastreamento por GPS do novo sistema de transporte público, e acessível para toda a população pela internet ou para celulares android.
Felizmente, a ocorrência não se confirmou, mas o tempo de resposta da PM até a abordagem foi acelerado em muito pelo dinamismo da integração das redes de segurança com a de transporte.
“Esse é um exemplo de como a integração do Mobi Campos com a sala de monitoramento do Cisp é um importante aliado para a segurança da cidade. Assim como as câmeras do Cisp auxiliam na nossa fiscalização, qualquer incidente nos veículos pode agora receber atendimento ainda mais rápido por causa das informações do GPS”, comemora Felipe Quintanilha, presidente do Instituto Municipal de Transporte e Trânsito.

Comentários