Rafael Diniz lança novo site da Secretaria de Fazenda, com acesso facilitado a vários serviços

Prefeito também anunciou decreto que agilizou obtenção de alvarás de 406 atividades consideradas de baixo risco

Por O Dia

O prefeito de Campos, Rafael Diniz, lança novo site da Secretaria da Fazenda, na sede da Firjan na cidade
O prefeito de Campos, Rafael Diniz, lança novo site da Secretaria da Fazenda, na sede da Firjan na cidade -
Campos — No rumo do dinamismo e agilidade exigidos no mundo de hoje, a prefeitura de Campos lançou um site da Secretaria Municipal de Fazenda para facilitar o acesso da população, empresários e trabalhadores a uma série de serviços, que anteriormente só poderiam ser realizados presencialmente, como emissão de Certidão Negativa de Débitos e guias de tributos como IPTU e ISS. O prefeito Rafael Diniz esteve na sede da Firjan na quarta, para apresentar o novo portal, https://fazenda.campos.rj.gov.br, e aproveitou para anunciar um decreto de flexibilização de 406 atividades de baixo e baixíssimo riscos com liberação automática dos alvarás.
“A palavra de ordem é desburocratizar”, discursou Diniz. “Nosso objetivo é promover agilidade, atendas as demandas dos empresários para ajudar no desenvolvimento de Campos. Os cidadão, por exemplo, às vezes precisam de uma simples guia de IPTU”.
O site da Fazenda também vai permitir a emissão de alvarás, de notas fiscais e o agendamento de atendimento na sede da secretaria. Todas as informações sobre as legislações tributárias também estarão disponíveis por lá, além do contato do serviço Fale Conosco.
“Sempre estamos preocupados com o ambiente de negócios e faz parte da melhoria desse ambiente a desburocratização e o fácil acesso às informações”, comentou o presidente regional da Firjan Norte Fluminense, Fernando Aguiar. "Não há estado forte sem interior forte, e o interior para ser forte precisa de empresas fortes”.
Em paralelo, o Comitê Gestor de Integração do Registro Empresaria produziu uma lista de 406 atividades de baixo ou baixíssimo risco, de forma a facilitar a liberação rápida de alvarás de funcionamento.
“O alvará passará a ser liberado e em seguida será iniciado o processo fiscalizatório, ao contrário de como era”, destacou Leonardo Wigand, secretário de Fazenda.
“Essas são demandas que recebíamos da classe de empresários. Fizemos uma série de debates e discussões. O resultado foi esse. Vamos continuar atentos e dialogando com a prefeitura”, disse Maurício Vicente, vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos.

Comentários