Dupla de dança do Paraesporte faz história no Festival de Dança do Mercosul

Andreia Marcolino, que atua com muletas, e sua treinadora conquistam quarto lugar na categoria dança contemporânea, na disputa com mais de 900 dançarinos sem limitações

Por O Dia

Andreia Marcolino, aluna de natação e dança do programa Paraesporte de Campos, conquistou o quarto lugar na dança contemporânea no Festival do Mercosul, ao lado de sua treinadora Manu Coboski
Andreia Marcolino, aluna de natação e dança do programa Paraesporte de Campos, conquistou o quarto lugar na dança contemporânea no Festival do Mercosul, ao lado de sua treinadora Manu Coboski -
Campos — A aventura de Andreia Marcolino e Manu Coboski na Argentina resultou num quarto lugar histórico, muitas histórias para contar e uma lição de vida para todos. A dupla de dançarinas do Paraesporte, programa municipal voltado para o desenvolvimento de pessoas com deficiência, voltou ao Brasil celebrando a conquista no XXV Festival de Dança do Mercosul, em Misiones. Dentre mais de 900 bailarinos da América do Sul, elas foram a quarta melhor dupla na categoria dança contemporânea.
“Mais uma vez ressaltamos que podemos fazer a diferença mesmo com nossas limitações, graças ao voto de confiança que tive da minha técnica, Manu Coboski, que acreditou em mim e me incentivou”, vibrou Andreia. “Essa conquista acrescenta a meu currículo e incentiva a todas as famílias que têm pessoas com algum tipo de deficiência”.
Dançar com o suporte de muletas não impediu Andreia de se destacar e emocionar num festival aberto a todos, e não apenas voltado para pessoas com deficiências. Ela já havia conquistado um prêmio internacional em Orlando, nos Estados Unidos, e agora se tornou a primeira bailarina com deficiência a participar na competição de dança contemporânea no Festival do Mercosul.
“Precisamos acreditar. Vivemos momentos inesquecíveis no Festival, no qual tivemos a oportunidade de conhecer bailarinos de várias cidades da América do Sul e ao mesmo tempo levar o nome do Paraesporte, que ao longo desses três anos, vem fazendo a diferença na vida de cerca de mil pessoas em Campos”, exaltou Manu, professora de dança do projeto.
O projeto Paraesporte está com inscrições abertas para várias modalidades esportivas, como iniciação desportiva, bocha, futsal, natação, atletismo, vôlei, basquete, ginastica rítmica e dança. Os interessados devem procurar a secretaria da Fundação Municipal de Esportes, Rua dos Goitacazes, 499, Centro, das 8h às 17h de segunda à sexta-feira.

Comentários