Coronavírus continua a avançar, e Campos tenta acompanhar com ampliação de leitos

Com mais três mortes — são 68 no total — e crescimento permanente de casos, prefeitura busca também aumentar testagem e estabelecer estratégias de controle

Por O Dia

Novo coronavírus se espalhou por todo o mundo em pouco tempo
Novo coronavírus se espalhou por todo o mundo em pouco tempo -
Campos — Com mais três mortes na quinta, Campos chegou a 68 vidas perdidas para o coronavírus. Mais 12 casos elevaram o total contaminados a 1137 desde o início da pandemia no município. Uma mulher de 70 anos e dois homens, de 65 e 80 anos, são as vítimas mais recentes. Outras 16 mortes aguardam confirmação por exame.
A Vigilância em Saúde investiga ainda 196 síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e mais de 3400 casos de síndrome gripal. Para tentar absorver o crescimento continuado da doença na cidade, a prefeitura continua a buscar meios de expandir a capacidade de leitos.
Atualmente, são 154 dedicados ao tratamento da covid, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. Foram abertos leitos clínicos e de UTI na Unidade Pré-Hospitalar São José, Hospital Ferreira Machado, Hospital Geral de Guarus e Santa Casa de Misericórdia, além dos já disponíveis no Centro de Combate ao Coronavírus.
Para atacar a outra frente necessária para controle da epidemia, a prefeitura vai utilizar o aplicativo Dados do Bem para rastrear moradores que possam estar contaminados ou que tenham entrado em contato com o vírus no passado, e testá-los. Com isso, a expectativa é a diminuição da subnotificação e uma percepção mais precisa do estágio da pandemia no município, o que vai permitir políticas públicas de enfrentamento mais eficazes.
Aqueles que apresentarem sintomas do novo coronavírus — tosse, febre, cansaço e dificuldade para respirar (em casos graves) — devem buscar orientação na Central de Informações da Covid, pelo 192.

Comentários