O Parque Estadual da Lagoa do Açu é uma extensa reserva natural e está localizado em Campos Foto/Divulgação

Campos - Sensibilizar sobre a importância da avifauna por meio de sua observação nas unidades de conservação e, também, estimular o contato com a natureza e a vida saudável, são os principais objetivos do “Vem Passarinhar RJ”. O programa é Idealizado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e será realizado a partir desta sexta-feira (15) até domingo (17) no Parque Estadual da Lagoa do Açu localizado em Campos dos Goytacazes (RJ).
Esta é a segunda edição do evento e, segundo o presidente do Inea, Philipe Campello, “é muito importante para o órgão; porque o programa não só é um sucesso no que diz respeito à educação ambiental, como também é uma excelente forma da comunidade conhecer um pouco mais sobre a atuação das unidades”.
A programação deste fim de semana prevê também atividades na Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Caruara, em São João da Barra, com ponto de encontro na própria sede da unidade de conservação. As inscrições devem ser feitas através do email: [email protected], com o comprovante de vacinação contra a COVID-19.
Gestor do Parque, Heron Costa explica que, “com a grande participação dos aficcionados por aves dentro do programa ‘Vem Passarinhar RJ’, a unidade detém hoje um levantamento de 235 espécies catalogadas”; ele considera a participação da sociedade em parceria com pesquisadores e fotógrafos amadores de grande relevância.
Heron Costa orienta que “é recomendável que os participantes usem roupas leves e calçados confortáveis, e portem protetor solar, repelente, capa de chuva, água e um lanche”. Outra recomendação é que, para a atividade de observação noturna, batizada de Corujada, é necessário o uso de lanternas.
O Inea dá detalhes sobre o Parque: “Com 8.276,67 hectares de área, é um dos mais ricos e bem preservados remanescentes de vegetação de restinga. Criado em 2012 e localizado no litoral da Região Norte Fluminense, abriga duas lagoas e tem como missão assegurar a preservação da fauna e da flora da vegetação de restinga do Estado do Rio de Janeiro”.