Manoel Soares
Manoel SoaresReprodução
Por O Dia
O Brasil já passou a marca de 260 mil mortes por Covid-19 desde do início da pandemia há um ano e neste sábado (6), no encerramento do programa 'É de Casa', o  apresentador Manoel Soares chorou ao revelar que seis pessoas próximas da família faleceram nos últimos dias da doença. Ele também mandou um recado para o presidente Jair Bolsonaro, que chamou de 'mimimi' a preocupação cada vez maior da população diante do aumento dos números das vítimas do coronavírus.
"Quero me despedir de você agora, que está em casa, pedir para que você se cuide, por favor. Eu, infelizmente, tive a tristeza de perder seis pessoas próximas a mim por conta da Covid-19 esta semana. Uma dessas pessoas é o irmão do nosso maquiador da TV, o Lucas. O irmão dele é o Luciano e faleceu. Lucas, força no coração. E para todo mundo também. Fazer o programa hoje foi muito difícil para mim, tive muita vontade de chorar, mas peço força para todo mundo. Essa tristeza que você está vendo na minha cara, meu amigo, não é mimimi não. Isso é luto. É luto", finalizou o jornalista.