Ator Ncuti Gatwa se destacou no seriado "Sex Education"Foto de divulgação Netflix

     Quase coincidindo com a data que marca a promulgação da Lei Áurea no Brasil, é anunciado, na Inglaterra, o primeiro negro a protagonizar a série "Doctor Who". A escolha de Ncuti Gatwa está sendo reverenciada aqui por fãs, artistas e ativistas do movimento negro.
     
     O personagem principal já foi interpretado por 14 atores, mas pela primeira vez por um afrodescendente. A atitude da TV pública BBC é bem diferente da situação no Brasil. Mesmo sendo o pais com maior população negra fora da África, a representatividade não é proporcional na telinha brasileira. Apesar do IBGE apontar que 54% da população brasileira é negra, são raros os papeis de destaque no nosso audiovisual. 
     E quando são escalados, quase sempre para papeis sem relevância na trama ou interpretando personagens com cargos considerados subalternos, como empregados domésticos. Dá para contar nos dedos de uma só mão quando protagonizaram uma novela.
     Até mesmo quando as obras abordam o período escravagista, não ganham o protagonismo, quase sempre ocupado por um abolicionista branco. Um bom exemplo é o maior sucesso da história desse segmento, a “Escrava Isaura”, que conta a saga de uma cativa branca.
* Em breve falaremos mais sobre isso na série que estamos publicando nesta coluna sobre a implantação de Cupliance e “boas práticas” nas emissoras brasileiras.

Quem é Ncuti Gatwa?
     O ator de 29 anos já é bastante conhecido pelos brasileiros por ter se destacado entre o elenco de adolescentes da série “Sex Education”, um dois campeões mundiais de audiência da Netflix. Por essa atuação, foi indicado ao British Academy Television Award.
     Ele nasceu em Ruanda. Em 1994, fugiu com a família para a Escócia diante do massacre em massa provocado pela Guerra Civil. Além de "Doctor Who", no ano que vem, poderá ser visto ao lado de Margot Robbie e Ryan Gosling no filme Barbie, dirigido por Greta Gerwig.

Longa linha do tempo do Doctor Who
     Ele substitui a atriz Jodie Whittaker, que também já tinha sido uma inovação da BBC. Foi a primeira mulher a protagonizar o seriado. Produzida ininterruptamente desde 1963, esta produção inglesa possui um acervo de 896 episódios distribuídos em 26 temporadas.
     Aqui no Brasil  é oferecida pela Globoplay. Se a operadora de streaming não promover uma alteração na cronologia, vai demorar para os brasileiros poderem ver Ncuti Gatwa na pele do Doutor Who. Isso porque ainda estamos assistindo a 13ª temporada.
Sugestões para a coluna: email: [email protected]