Condomínios e síndicos mais seguros no Rio

Certificação de qualidade já contempla mais de 50% das administradoras

Por Cristiane Campos

A auditoria do Procondo avalia 154 itens quanto à gestão administrativa, de contratos, recursos humanos e financeira, entre outras
A auditoria do Procondo avalia 154 itens quanto à gestão administrativa, de contratos, recursos humanos e financeira, entre outras -
A pandemia tem causado impactos emocionais e financeiros no país e no mundo. Com isso, os milhares de condomínios espalhados pelo Brasil também tiveram problemas de caixa. De acordo com Rafael Thomé, presidente da Abadi (Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis) , houve um salto no primeiro mês do isolamento social e depois um ajuste dentro do que se pode dizer esperado para a situação. Os percentuais foram de 21% em março; 16% em abril; 14% em maio; 12% em junho; e 10% em julho. Diante deste cenário, há um aliado: o Programa da Autorregulamentação da Atividade de Administração Condominial (Procondo), criado pela Abadi, que se firma como a garantia da qualidade e da excelência do serviço oferecido pelas empresas certificadas, oferecendo mais segurança aos síndicos e condôminos. Para se ter ideia, em quatro anos, 53% das administradoras do estado do Rio filiadas à Abadi já contam com o selo de qualidade que tem validade de três anos. Após esse período, uma nova auditoria deverá ser realizada para a manutenção do certificado. "O Procondo é a certificação que atesta a transparência na gestão condominial e auxilia o síndico no processo de escolha de uma administradora. Além disso, é o programa que assegura que as empresas certificadas estão se atualizando e modernizando seus processos, ainda mais neste momento de impulso da digitalização por conta da pandemia, para proporcionar melhores intermediações com seus clientes", ressalta Rafael.

A diretora da Precisão Empreendimentos Imobiliários, empresa certificada com o selo Procondo, Sonia Chalfin, ratifica a importância do selo Procondo. "É uma garantia da excelência do serviço prestado pelas empresas atestadas e certificadas. A legislação está sempre mudando e é preciso estar atualizado, pois lidamos com um bem muito precioso do nosso cliente. Uma das formas de valorizar este patrimônio é estar informado para dar a melhor assessoria na administração de um condomínio", afirma Sonia.

Selo leva qualidade e segurança

Para o diretor da Apsa, Fernando Schneider, o selo leva tranquilidade e segurança para os clientes. "Um condomínio ou síndico que contrata uma administradora com selo Procondo tem a certeza de estar contratando uma empresa com todos os serviços que devem ser prestados, sobretudo do ponto de vista legal. O selo busca auto regulamentar o mercado para ajudar ao cliente. A escolha de uma empresa com selo elimina muitos riscos. Por isso, a Apsa se empenhou tanto em obter o selo. Fomos uma das primeiras empresas a se certificar já em 2014. Em 2017 renovamos e temos a certeza de alcançar esse êxito na próxima certificação em 2021", diz Schneider.

A gerente de Auditoria da Apsa, Juliana Tancredo, acrescenta que o Procondo promoveu a concorrência saudável entre as empresas do setor de administração condominial. "Hoje, as administradoras estão mais preparadas para os impactos da pandemia. Outro ponto importante foi a promoção e a divulgação para o mercado do Código de Conduta e Serviços para empresas de administração de condomínios do Rio, bem como as empresas que a este código de conduta aderirem", explica Juliana.

Auditoria avalia 154 itens

A auditoria do Procondo, feita pela organização multinacional Bureau Veritas, avalia 154 itens quanto à gestão administrativa, de contratos, recursos humanos, financeira, tributária e jurídica e ratifica padrões de qualidade em normas ISO. Para outras informações, acesse www.procondo.com.br.

Comentários