Décimo terceiro da Prefeitura do Rio ainda não tem data para sair

Por PALOMA SAVEDRA

-

O pagamento do décimo terceiro salário do funcionalismo municipal do Rio segue sem previsão de data. Nos bastidores da prefeitura há otimismo, mas o governo prefere esperar a entrada de recursos suficientes no caixa para confirmar. No último dia 11, o secretário municipal da Casa Civil, Paulo Messina, chegou a declarar isso em seu perfil no Facebook.

Depois, questionado pela Coluna, ele reafirmou que não vai assegurar um pagamento enquanto o dinheiro destinado a isso não estivesse disponível. E a quitação dependerá de iniciativas para aumentar a receita.

"O décimo terceiro ainda não está garantido. Mas até fevereiro deste ano, os salários de junho e dos meses posteriores não estavam garantidos. E tomamos uma série de medidas para gerar receitas novas e de cortes que vêm dando resultado e, hoje, já refletem na capacidade de pagamento das contas. E o pagamento depende do resultado dessas medidas que continuamos implementando", declarou Messina.

Reajuste também sem data

A mesma incerteza ronda o mês em que vai sair o reajuste dos servidores ativos, aposentados e pensionistas do município. As categorias não tiveram correção salarial em 2017 e cobram o aumento. E o governo Crivella estuda aplicar a revisão acumulada de dois anos.

Messina antecipou à Coluna que o índice aplicado será acima de 7%. Mas o percentual correto será fechado assim que o Executivo bater o martelo sobre quando o reajuste será concedido.

Comentários

Últimas de Servidor