Maia coloca Legislativo como protagonista da Reforma da Previdência

Acordo de líderes retirou estados e municípios do texto, mas entes poderão ser incluídos na PEC na tramitação no plenário

Por PALOMA SAVEDRA

Rodrigo Maia (ao centro) participou de acordo de líderes para retirada de estados e municípios, mas há ideia de o Legislativo incluí-los durante tramitação no plenário
Rodrigo Maia (ao centro) participou de acordo de líderes para retirada de estados e municípios, mas há ideia de o Legislativo incluí-los durante tramitação no plenário -
A confirmação da retirada de estados e municípios do texto do relator da Reforma da Previdência provocou reações. O governador Wilson Witzel e o presidente do Rioprevidência, Sérgio Aureliano, vão se reunir com alguns deputados da bancada fluminense às 9h da próxima segunda-feira, no Palácio Guanabara, para mobilizá-los a reverter esse cenário. Mas para além da articulação de Witzel e de outros governadores, há um personagem nas costuras políticas dentro da Câmara: o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
Já é claro, cada vez mais, que o democrata tem colocado o Legislativo como protagonista da reforma, afastando a participação do governo de Jair Bolsonaro, autor da PEC 6, dos trabalhos com os parlamentares.
Cabe ressaltar que a decisão de tirar estados e municípios do texto foi tomada após acordo de líderes partidários esta semana. E se o plenário incluir os entes na proposta, passará a mensagem de que os ajustes previdenciários serão feitos graças ao Parlamento.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários