'O prefeito fez apelos para a Câmara doar recursos à prefeitura', diz Jorge Felippe

Acordo entre vereadores para o repasse de R$ 40 milhões pelo Legislativo ao Executivo terá que ser aprovado no plenário e estar previsto em lei

Por PALOMA SAVEDRA

Presidente da Câmara, Jorge Felippe (MDB) disse que vereadores demonstram preocupação com o pagamento da folha salarial dos servidores do Executivo
Presidente da Câmara, Jorge Felippe (MDB) disse que vereadores demonstram preocupação com o pagamento da folha salarial dos servidores do Executivo -
Após o acordo que vereadores fizeram para que a Câmara Municipal do Rio repasse R$ 40 milhões à prefeitura, o presidente da Casa, Jorge Felippe (MDB), comentou que a medida atende também a "apelos" do prefeito Marcelo Crivella. "O prefeito fez apelos à Câmara para que doe recursos à prefeitura", declarou Felippe à coluna.
Ainda segundo o chefe da Câmara, os parlamentares estavam "muito preocupados" com a situação financeira do Executivo, e, principalmente, com o pagamento da folha salarial e do décimo terceiro.
Ao todo, o município tem uma dívida de R$ 180 milhões — sendo R$ 115 milhões referentes a duodécimos não repassados pelo Tesouro municipal à Câmara — com o Legislativo carioca. Desse total da dívida, R$ 160 milhões serão perdoados e os R$ 40 milhões restantes serão doados ao caixa do Executivo.
"A Câmara está muito preocupada com recursos para pagamento de salários e 13º de servidores. A preocupação com a folha é muito discutida mesmo aqui entre os vereadores", disse Felippe.
Doação terá que ser aprovada no plenário
Agora, para a doação do dinheiro, será necessária uma votação no plenário. 'Vamos levar o projeto de lei para votação este ano ainda", informou ele. Além disso, o parlamentar declarou que os R$ 40 milhões devem estar disponível na conta da prefeitura também em 2019.
Sobre a perspectiva para 2020, Felippe disse que, somando o alívio de caixa (desses R$ 180 milhões) e uma possível melhora na arrecadação, o cenário pode ser melhor que o de 2019.
"A economia esta melhorando, a arrecadação este ano melhorou em torno de 4%. Então estamos com a expectativa de que no ano que vem melhore", finalizou. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários