Prefeitura do Rio pode voltar a ter dificuldades para pagar salários no fim do ano

Alerta é feito por parlamentares na Câmara Municipal, que lembram caos ocorrido em dezembro de 2019; Fazenda, porém, já declarou que salários estão garantidos

Por PALOMA SAVEDRA

Vereadores do Rio encerraram a votação da LDO de 2021 na última quinta-feira; ao longo das discussões sobre as contas, queda na receita foi destacada
Vereadores do Rio encerraram a votação da LDO de 2021 na última quinta-feira; ao longo das discussões sobre as contas, queda na receita foi destacada -
Na Câmara Municipal do Rio, alguns vereadores avaliam que a prefeitura poderá voltar a enfrentar um cenário complicado, como ocorreu no fim de 2019. Na ocasião, o governo quase não conseguiu pagar o 13º salário do funcionalismo e encontrou dificuldades para quitar os vencimentos de dezembro, após cobranças de repasses atrasados pelas Organizações Sociais.
Agora, com a crise agravada pela pandemia do novo coronavírus, o caixa municipal poderá perder R$ 4 bilhões em receita somente este ano.
A estimativa foi dada por técnicos da Secretaria Municipal de Fazenda ao Legislativo. E os números acenderam o alerta dentro e fora do governo de Marcelo Crivella.
Em maio, a Fazenda chegou a informar à coluna a estimativa de perda de 30% na arrecadação de ISS (principal imposto municipal) por conta da pandemia. Mas, ainda assim, deu garantia de pagamento dos salários dos servidores.
A pasta declarou que vem adotando medidas “para aumentar as receitas nesse momento de crise mundial de forma a reduzir o impacto da queda de receita, assim como vem reduzindo despesas de forma a adequar o orçamento”.
Vale lembrar que, assim como todos os entes da federação, o Município do Rio está recebendo, em parcelas, cerca de R$ 625 milhões de auxílio do governo federal.

Comentários