PALÁCIO GUANABARA  -  Palácio Laranjeiras é a atual residência oficial do governador do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Localiza-se no bairro de Laranjeiras, na cidade do Rio de Janeiro. Encontra-se tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro (INEPAC). Foto: Daniel Castelo Branco / Agência O Dia - Daniel Castelo Branco
PALÁCIO GUANABARA - Palácio Laranjeiras é a atual residência oficial do governador do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Localiza-se no bairro de Laranjeiras, na cidade do Rio de Janeiro. Encontra-se tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro (INEPAC). Foto: Daniel Castelo Branco / Agência O DiaDaniel Castelo Branco
Por PALOMA SAVEDRA
Publicado 15/10/2020 13:20 | Atualizado há 24 horas
O funcionalismo estadual segue à espera da retomada do serviço de contratação de empréstimos consignados. O sistema, que era acessado pelo Portal do Servidor (para ativos) e pelo site do Rioprevidência (para inativos e pensionistas), ficou fora do ar em junho e até hoje não foi restabelecido. 
Após questionamentos das categorias e, principalmente, de aposentados, a coluna procurou o governo fluminense. Em nota, o Executivo informou que "continua trabalhando para contratar uma nova empresa que realize os serviços de administração e controle de margem consignada".
Publicidade
Vale lembrar que, em 3 de março, o contrato com a empresa responsável pela gestão da margem consignável, a Talktelecom, terminou. E a empresa só manteve a prestação do serviço mesmo fora da vigência contratual devido a uma liminar da Justiça.
Publicidade
Porém, a mesma decisão foi revogada no fim de maio. E, agora, o governo pretende fechar com uma nova empresa para prestar o serviço.