Geladeiras serão utilizadas para armazenar maior quantidade de vacinasDivulgação

Duque de Caxias - A Enel Brasil entregou refrigeradores científicos, geladeiras e caixas térmicas para auxílio no armazenamento e transporte de vacinas contra a Covid-19 em Duque de Caxias. A iniciativa é parte do movimento Unidos Pela Vacina. No Estado do Rio de Janeiro, a Enel Brasil, em conjunto com o Grupo Mulheres do Brasil, lidera as ações do movimento entre o empresariado e as prefeituras.

Cláudia Guimarães, responsável por Sustentabilidade I&N da Enel Brasil, destacou a importância de ter empresas contribuindo para acelerar a vacinação no Brasil.
“Aqui no Rio de Janeiro nós conseguimos grande aderência das empresas ao movimento Unidos pela Vacina e 100% dos municípios foram amadrinhados. A Enel está fazendo esse mesmo movimento de doação de equipamentos para 16 desses municípios. Para nós essa é uma ação muito importante. Identificamos, a partir de uma pesquisa, que esses refrigeradores científicos e geladeiras eram itens de primeira necessidade, além das caixas térmicas com termômetro para transporte. Agradecemos a oportunidade de apoiar os moradores de Duque de Caxias. Queremos que todos estejam vacinados o quanto antes, para que possamos sair desta pandemia.”
Publicidade
O evento aconteceu, na sede da Prefeitura Municipal, e contou com a presença do vice-prefeito da cidade, Wilson Miguel, das subsecretárias de Saúde, Célia Serrano e Flávia Alves, da Responsável por Projetos de Sustentabilidade em Distribuição da Enel Brasil, Claudia Guimarães, e da executiva de Governo da Enel Rio, Michele Silvia.

Empresas unidas em prol da vacina

Lançado em fevereiro deste ano, o Unidos Pela Vacina é uma iniciativa do Grupo Mulheres do Brasil, liderado pela empresária Luiza Helena Trajano, em conjunto com empresários de todo o país, para tornar viável a vacinação da população adulta brasileira. Com esse propósito, mais de 4 mil pessoas entre artistas, cientistas, empresários e representantes de comunidades, entidades setoriais e da sociedade civil uniram-se à executiva e suas 90 mil voluntárias, potencializando suas forças e vozes em benefício da imunização. Para identificar as principais necessidades das prefeituras para promover e agilizar a vacinação, o movimento realizou uma pesquisa diagnóstica. O levantamento contou com a participação de 99,9% dos municípios brasileiros e identificou que o armazenamento e transporte adequados das vacinas eram alguns dos principais desafios a serem vencidos.

O Movimento Unidos Pela Vacina ainda busca outras empresas parceiras que possam apoiar alguns municípios do Rio com outros insumos, mais equipamentos de refrigeração, além de suporte na organização de drive-thru para a vacinação. Companhias ou instituições interessadas podem entrar em contato diretamente com o movimento pelo e-mail [email protected] para o Rio de Janeiro.