Coluna Márcio Guedes: O Botafogo estraga o clássico

Glorioso deve ir a campo com os reservas no jogo contra o Fluminense

Por bernardo.argento

Rio - Escalando um time de reservas (quase todos muito ruins) ou mesmo se evoluir para uma formação mista que será sempre fria, o Botafogo de Eduardo Hungaro já liquidou com as boas expectativas de emoção e equilíbrio do Clássico Vovô. Um jogo de história eletrizante com goleadas épicas em decisões (6 a 2 Botafogo em 1957) ou o título polêmico do Fluminense na vitória por 1 a 0 em 1971, com o famoso gol de Lula.

Neste domingo, poderia ser a luta do Tricolor de Renato Gaúcho para confirmar a liderança e a forte perspectiva de ganhar a Taça GB contra um time que deveria estar brigando para entrar nas semifinais sem prejuízo da Libertadores. Mas a incompetência inacreditável da diretoria alvinegra sepultou o Carioca e aumentou o tempo sem atividade de profissionais que ganham acima de R$ 100 mil mensais, achando que assim vai conquistar a Libertadores.

O Fluminense é franco favorito e, se pegar os reservas do rival, pode sapecar uma goleada. Jogo bom para que Conca e Fred brilhem e para que Walter, na fase final, deixe a sua marca. Jogo de uma torcida só e provavelmente de um time só.

Motivação

Há boas razões para que Vasco e Cabofriense façam um jogo interessante hoje à noite, em São Januário. Ambos disputam o terceiro lugar e estão praticamente garantidos nas semifinais. No caso da Cabofriense, por ser o melhor dos pequenos e beneficiado pela desistência do Botafogo. O Vasco é favorito por jogar em casa, pela sua ascensão com os reforços e por ter, agora, um jogador que pode ser a referência e a liderança — Douglas —, além do novo talismã Thalles.

Sem credibilidade

Os responsáveis pelo Galeão — leia-se Infraero —  têm a cara de pau de dizer que as promessas, isto é, tudo aquilo acordado com a Fifa para a remodelação do aeroporto, não poderão ser cumpridas na data estipulada. Mesmo se considerando que é até melhor fazer reformas para a população, ninguém acredita nisso, já que tudo está emperrado e a infraestrutura do país anda pra lá de precária. Infelizmente, a Copa só confirma as piores suspeitas sobre a falta de seriedade dos políticos.

Hooligans

A polícia de São Paulo criou grupo especial para intervir na questão das violentas organizadas que tanto mal fazem ao futebol e afastam os verdadeiros torcedores. A operação ‘Hooligans’ já levou gente para a cadeia e tem relação dos considerados foragidos. Não se sabe no que vai dar, mas já é um espasmo em busca de punição para marginais. Com a impunidade, é fácil perceber, por exemplo, que os mesmos corintianos que andaram presos em La Paz estavam lá na recente invasão ao clube

Mais um

O Flamengo, para surpresa geral, anunciou mais um reforço, Márcio Araújo, que não foi lá muito bem no futebol paulista. Não houve entusiasmo por ele pelo passado recente no Palmeiras, mas também por jogar em um setor que não era prioridade para o time rubro-negro. Essas contratações que caem de paraquedas são estranhas e dão a impressão de serem apenas um encaixe oportunista que interessa a esse ou aquele empresário. Mas vamos conferir. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia