Polícia vai ouvir seguranças da Arena e torcedora ainda não foi intimada

Delegado espera que Patricia Moreira da Silva dê seu depoimento sobre o episódio, ainda durante está semana

Por victor.abreu

Porto Alegre - O delegado Herbert Moura Ferreira, titular da 4ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, vai ouvir nesta segunda-feira, os seguranças que trabalhavam na Arena do Grêmio na última quinta-feira, na derrota para o Santos pela Copa do Brasil. No encontro, o goleiro santista Aranha foi hostilizado pelos torcedores do Tricolor sendo chamado de 'Macaco' e de 'Preto Fedido'. Uma câmera da "ESPN Brasil" flagrou Patricia Moreira da Silva, que ainda não foi intimada pela Polícia, no momento em que ela proferia palavras racistas.

Torcida do Grêmio chamou o goleiro Aranha de 'Macaco'Reprodução/ TV ESPN Brasil

Notícias, resultados e bastidores da Copa do Brasil

O delegado disse que a torcedora receberá uma intimação para dar seu depoimento ainda nesta semana e que só recebeu as imagens das câmeras da Arena no domingo.

"Na realidade, a esperança era ouvi-la na segunda-feira. Mas o delegado Herbert só recebeu as imagens ontem do Grêmio para serem analisadas e anexadas ao inquérito. Concretamente, o que temos que é os seguranças do Grêmio, que atuaram no espaço físico que aconteceram os atos de racismo, serão ouvidos ainda pela manhã ou na tarde desta segunda-feira", informou o diretor da delegacia Regional de Polícia Metropolitana, o delegado Cleber Ferreira.

O delegado afirmou que outros torcedores que hostilizaram o goleiro com palavras racistas também já foram identificados na investigação.

"Daqui a pouco vamos citar e intimar outras pessoas. No caso da jovem, vamos ouvi-la para saber o que tem a dizer. Tem um vídeo que comprova que ela estava no local. Também vamos aguardar outras testemunhas que devem aparecer", comentou o delegado Ferreira.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendeu o jogo de volta entre Santos e Grêmio e irá julgar o Tricolor pelos insultos de sua torcida. Se punido, o clube gaúcho por ser excluído da Copa do Brasil.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia