Revista alemã garante que Blatter disse que Copa de 2022 não vai ser no Catar

Mundial do Oriente Médio vem causando muitas polêmicas

Por pedro.logato

Alemanha - Rodeada de vários o boatos, a Copa do Mundo de 2022 ganhou mais um rumor nesta segunda-feira. Segundo a revista alemã “Der Spiegel”, o presidente da Fifa, Joseph Blatter teria garantido para dirigentes da Federação Norueguesa que o Mundial não vai acontecer no Catar. De acordo com a publicação, ele estaria cansado das atitudes dos representantes do país. Além disso, uma suposta influência de alguns grupos fundamentalistas em relação aos dirigentes árabes teria irritado o chefão da entidade.

Blatter tem criticado muito a escolha do Catar com sede de 2022Reuters

Embora a revista alemã assegure que suas fontes são confiáveis, a Fifa desmentiu o veículo e reiterou que o Mundial de 2022 será no Catar. Já a Federação Norueguesa não comentou a matéria. A revista recorda que Joseph Blatter votou nos Estados Unidos na eleição que definiu a sede da Copa do Mundo de 2022. Além disso, a competição já gera muitas polêmicas, o presidente da Fifa já disse que caso ocorra no Oriente Médio, a competição não irá acontecer em junho, por conta do forte calor.

Além disso, o Catar vem enfrentando constantes denúncias sobre as condições de trabalho e a utilização de trabalho escravo nas obras para a Copa do Mundo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia