Carros da Mercedes saem na frente nos primeiros treinos livres em Melbourne

Nico Rosberg foi o mais rápido nas duas baterias de testes

Por victor.abreu

Austrália - A Mercedes segue sendo a equipe mais rápida da Fórmula 1. Depois de conquista o campeonato passado com Lewis Hamilton, a equipe britânica mostrou, nesta sexta-feira, que continua com um carro veloz. Na segunda bateria de treinos em Melbourne, Nico Rosberg melhorou o seu tempo nos primeiros testes e manteve a ponta do mais rápidos, seguido por Hamilton.

LEIA MAIS: Substituto de Alonso escapa ileso de acidente em treino livre na F-1

Felipe Massa, que havia ficado em 7º no primeiro treino, foi impedido de retornar a pista por conta de um vazamento de água na sua Williams. No intervalo entre um treino e outro, Felipe Nasr e a Sauber receberam uma boa notícia. A justiça australiana adiou o julgamento do caso envolvendo o pelito Giedo van der Garde, que cobra uma vaga na equipe nesta temporada. Por tanto, Nasr e Marcus Ericsson puderam participar da segunda bateria de treinos.

Mercedes manteve seu bom desempenho nos primeiros testes em MelbourneEfe

Dobradinha da Mercedes mais rápida desde o primeiro treino

Nico Rosberg e Lewis Hamilton, pilotos da Mercedes-Honda, fizeram nesta sexta-feira os melhores tempos dos primeiros treinos livres do GP da Austrália. A sessão em Melbourne transcorreu tranquila e sem incidências, em um dia ensolarado e com pouco de vento. Os pilotos de Mercedes começaram a temporada com tempos muito igualados. O alemão Nico Rosberg completou sua melhor volta em 1min29s557, enquanto o britânico fechou a sua com apenas 29 milésimos a mais.

LEIA MAIS: Hamilton vibra com chance de ser tri como Senna: 'Sempre quis imitá-lo'

O finlandês Valtteri Bottas, da Williams-Mercedes, ficou em terceiro com um tempo de 1min30s748. Seu companheiro, o brasileiro Felipe Massa, ficou apenas na sétima posição, fechando sua melhor volta em 1min34s188. O outro brasileiro, Felipe Nasr, da Sauber, nem chegou a sair dos boxes por ordem da equipe, que se encontra imersa em um problema legal pelos contratos de seus pilotos e, até a sentença do juiz, nem sequer tem definido quem conduzirá seus carros.

Resultados da primeira sessão de treinos:
1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1:29.557 (19 voltas)
2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes), 1:29.586 (19)
3. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes), 1:30.748 (20)
4. Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso-Renault), 1:31.014 (32)
5. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1:31.029 (13)
6. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso-Renault), 1:31.067 (31)
7. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes), 1:31.188 (19)
8. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 1:31.310 (14)
9. Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Mercedes), 1:31.451 (22)
10. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Renault), 1:31.570 (9)
11. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-Renault), 1:32.073 (18)
12. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes), 1:32.247 (22)
13. Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes), 1:32.261 (19)
14. Jenson Button (GBR/McLaren-Honda), 1:34.542 (6)
15. Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Honda), 1:34.785 (7)
16. Romain Grosjean (FRA/Lotus-Mercedes), 2:17.782 (5)

Resultado da segunda sessão de treinos:
1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1:27.697
2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 1:27.797
3. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1:28.412
5. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) 1:29.265
6. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-Renault) 1:30.016
7. Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso-Renault) 1:30.071
8. Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault) 1:30.104
9. Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) 1:30.205
10. Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1:30.473
11. Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari) 1:30.755
12. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) 1:30.980
13. Jenson Button (GBR/McLaren-Mercedes) 1:31.387
14. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso-Renault) 1:31.395
15. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) 1:32.303
16. Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes) 1:33.289

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia