Brasil assume favoritismo no Parapan de Toronto e vai em busca do tri

País terminou em primeiro no quadro de medalhas no Rio, em 2007, e também nos Jogos de Guadalajara, quatro anos após

Por edsel.britto

Toronto - Atual bicampeão no quadro de medalhas do Parapan, o Brasil assumiu o favoritismo para a edição que será disputada em Toronto, entre os dias 7 e 15 de agosto, e tem como meta brigar para ficar entre os cinco melhores nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

“O objetivo é mesmo o primeiro lugar, repetindo o Rio e Guadalajara. Nossos maiores rivais deverão ser o Canadá, que estará em casa com força total, Estados Unidos e México”, afirmou Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Já no Rio de Janeiro, no ano que vem, o dirigente espera muito mais dificuldade para estar ao menos entre os cinco melhores. Para ele, a China está “muito à frente” do restante e em um segundo patamar apareceriam Rússia, Grã-Bretanha, Ucrânia, Austrália e Estados Unidos. Segundo ele, o Brasil deve brigar principalmente com os dois últimos países citados. “A Rússia deve ir para um segundo lugar sólido, com chances de incomodar a China. Os ucranianos também estão em curva ascendente”, completou Parsons.

O nadador Daniel Dias é um dos grandes candidatos a brilhar pelo Brasil nas Paralimpíadas de 2016Divulgação/CPB

Segundo o Ministério de Esporte brasileiro, o novo centro de treinamento paraolímpico, que está sendo construído em São Paulo, já chegou a 97% de sua conclusão. O local terá capacidade para receber até 282 atletas simultaneamente e estrutura para treinamentos e competições de 15 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, natação, esgrima em cadeira de rodas, futebol de 5, futebol de 7, goalball, halterofilismo, judô, rúgbi em cadeira de rodas, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, triatlo e vôlei sentado.

O local será o principal centro de excelência do Brasil visando aos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia