Por gabriel.santos

Porto Alegre - O Internacional vem sendo alvo de duras críticas e protagoniza uma grande polêmica por conta do acidente envolvendo o elenco da Chapecoense, na Colômbia. Nesta sexta-feira, os jogadores colorados voltaram a reunir a imprensa, para tentar esclarecer alguns pontos que geraram repercussão.

Alex foi o porta-voz do elenco coloradoDivulgação

O elenco do Inter concedeu uma coletiva de imprensa, na última quinta-feira, no Beira-Rio. O posicionamento de não entrar em campo na última rodada do Brasileirão foi expresso por Alex, em nome do grupo. O meia voltou a ser porta-voz dos atletas e afirmou que, caso a última rodada seja cancelada, o time aceitará o rebaixamento.

"Se for o caso de acabar o campeonato e a gente for rebaixado, vamos aceitar porque fizemos por merecer. Nosso desejo e de outros jogadores também, não é melar o campeonato. Mas sim, a não realização da última rodada, porque sabemos do campeonato horrível que fizemos. Não é pensar em campeão, em rebaixado, nada mais importa", afirmou o camisa 10. 

O elenco do Inter foi duramente acusado de tentar aproveitar a tragédia para evitar um rebaixamento, incluindo depoimento do ex-jogador Dinei, em vídeo onde, revoltado, afirma que o Colorado vai ser rebaixado.

Em nota oficial, a direção do clube gaúcho havia se posicionado afirmando que as palavras dos jogadores não condiziam com a postura dos dirigentes, fato confirmado por Alex, que garantiu que a decisão a respeito do pronunciamento foi tomada em decisão com o grupo.

Você pode gostar