Mais Lidas

Botafogo x Flamengo: Confira um raio-x da semifinal da Copa do Brasil

Alvinegro tem uma defesa mais consistente, mas Rubro-negro leva vantagem no poderia ofensivo

Por bferreira

Rio - Botafogo e Flamengo voltam a se enfrentar em uma semifinal de Copa do Brasil. Em 2013, deu o Rubro-Negro. Nesta quarta-feira, às 21h45, no Nilton Santos, uma nova história começará a ser contada. Para começar a esboçar essa nova página, recorremos às estatísticas das duas equipes até o momento na edição 2017. 

Botafogo tem como trunfo a defesaAlexandre Brum / Agência O Dia

O Flamengo é o segundo semifinalista que mais mantém a bola nos pés, perde só para o Grêmio. Em 360 minutos jogados, o Rubro-Negro ficou com a bola por 129 minutos. Segundo dados do site Wyscout, a equipe da Gávea fica à frente do Botafogo no número de passes certos – 1.714 até agora contra 1.349 do adversário. A equipe, comandada agora por Reinaldo Rueda, é também a que mais finalizou: 54 finalizações convertidas em 6 gols – um gol a cada 9 finalizações. 

Reinaldo Rueda vai estrear no FlamengoDivulgação / Flamengo

No entanto, se o ataque do Flamengo tem números que o deixa em vantagem em relação ao Alvinegro, a defesa deixa a desejar. A equipe rubro-negra tem a defesa mais vazada entre os semifinalistas, com cinco gols sofridos. Outro dado negativo que chama a atenção é o número de faltas cometidas. O clube é o mais faltoso, com 62 faltas em quatro jogos disputados. 

O Botafogo é o time que menos fica com a bola entre os semifinalistas. São 112 minutos com a bola nos pés em 360 jogados. Mas, apesar de ter finalizado menos, 12% dos chutes a gol terminaram nas redes. Foram 47 oportunidades e seis gols – desempenho muito parecido com o do rival desta quarta, que tem 11%. Além disso, o time alvinegro tem a melhor defesa, ao lado do Grêmio. Foram apenas três gols sofridos no torneio.

Informações da assessoria da CBF

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia