Jaqueline é expulsa, discute com José Roberto Guimarães e sai chorando de quadra

Confusa com o lance da expulsão, a jogadora acredita que a alta temperatura da partida é um dos motivos para tudo que ocorreu

Por O Dia

São Paulo - Durante o quarto set, uma das principais jogadoras do Barueri recebeu uma advertência da arbitragem e foi expulsa da partida contra o Praia Clube, que venceu por 3 a 1. Antes de sair de quadra, a atacante foi flagrada, pelas câmeras do SporTV, chorando após ter discutido com o técnico José Roberto Guimarães.

Jaqueline foi expulsa da partida contra o Praia Clube por insistênciaReprodução SporTv

Em entrevista ao mesmo canal, Jaque negou ter discutido com o treinador. "Faz parte do jogo. Não teve nenhuma discussão. Se a gente tiver de conversar, vai conversar lá dentro, isso é de todo o grupo, não é de uma ou outra", contemporizou.

Confusa com o lance da expulsão, a jogadora acredita que a alta temperatura da partida é um dos motivos para tudo que ocorreu.

"Foi um jogo quente. O que aconteceu com o árbitro nem eu entendi muito, mas tudo bem. Acho que a gente tem de ser profissional, sair de cabeça erguida e seguir em frente", disse Jaqueline.

A capitã do Barueri revelou que o motivo de sua expulsão foi por insistência. No entanto, Jaque disse que quem estava insistindo pela conversa era o árbitro e não ela.

"Ele [árbitro de rede] me chamou e falou que, infelizmente, por conta do grupo, eu ia tomar cartão amarelo. Depois, ele me chamou de novo, fui perguntar por que eu tinha tomado outro cartão, e ele falou que era por insistência, mas quem me chamou foi ele. O Zé também tinha mandado eu ir falar com ele. Fui e tomei outro cartão, eu sou a capitã. Também não entendi", contou.

Equipe nega briga

Em nota publicada pelo site UOL neste domingo, o Hinode Barueri negou que tanha havido uma briga entre o técnico e a atleta. “O Hinode Barueri informa que não houve nenhuma briga entre o técnico José Roberto Guimarães e a atleta Jaqueline Endres antes, durante ou depois da partida contra o Praia Clube. Tanto o clube, quanto o técnico e a atleta repudiam as informações que foram publicadas e reiteram que o grupo segue unido", diz o comunicado.