Mais Lidas

Hora da virada rumo aos dias de glória no Flamengo

Time faz de amistoso com o Atlético-GO um divisor de águas na temporada, e o interino Barbieri tenta mostrar serviço

Por ASSINATURA REPÓRTER

Lucas Paquetá  está apaixonado
Lucas Paquetá está apaixonado -

Rio - A uma semana da estreia no Campeonato Brasileiro e a 11 dias do duelo contra o Santá Fé, pela Libertadores, o Flamengo faz do amistoso com o Atlético-GO, neste sábado, às 16h, em Goiânia, um divisor de águas na temporada. Após o fracasso no Carioca, com a eliminação para o Botafogo, nas semifinais, e ainda sem treinador, a meta é iniciar a volta por cima o jogo será, também, uma chance para o técnico interino Maurício Barbieri mostrar serviço na busca pela efetivação.

Ciente disso, Barbieri comandou treino, ontem, no Ninho do Urubu, orientou o grupo, não fez mudanças drásticas no time e recebeu elogios de Lucas Paquetá. "É um excelente treinador, procura passar bastante os detalhes, explica bem a forma de jogar. Isso vai nos ajudar. Está buscando acertar algumas coisas, e estamos focados neste amistoso para dar uma resposta a ele, que tem nos ajudado muito", disse.

CHANCE PARA INTERINO

Barbieri vai promover a volta de Renê à lateral esquerda, após Carpegiani ter improvisado Everton na posição, e efetivar o colombiano Cuéllar, que vinha perdendo espaço, no meio de campo. A meta do treinador interino, além de reabilitar o time na temporada, é mostrar que tem condições de ser uma boa alternativa a Renato Gaúcho, nome preferido da diretoria para comandar o Flamengo, mas que ainda não decidiu se deixará o Grêmio.

"Renato também é um bom nome, foi eleito o melhor técnico da América. Não só ele, mas quem vier vai ser muito bem recebido. Acho que a expectativa é de todos. Independentemente do técnico que vier, temos que estar preparados para dar o melhor pelo Flamengo. Hoje, temos que trabalhar para dar o melhor pelo Barbieri,, em Goiânia", acrescentou Paquetá.

TRABALHO E CONFIANÇA

O zagueiro Juan, um dos líderes do elenco atual, só pensa em ver o Rubro-Negro vencendo novamente em 2018. "Não ficamos satisfeitos com o resultado contra o Botafogo, com todo o respeito que o adversário merece. Mas só nos resta trabalhar forte para mudar essa realidade e corrigir o que precisa ser mudado", frisou o Xerifão da defesa rubro-negra, esbanjnado confiança em um futuro vitorioso tanto no Campeonato Brasileiro quanto na Copa Libertadores da América.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários