Absurdo! Atleta afirma que foi agredida com uma ovada no olho por ser negra

Promessa do atletismo italiano voltava para casa quando foi atingida. Ela precisou de atendimento médico

Por O Dia

Daisy Osakue foi atingida por ovada no olho enquanto voltava para casa
Daisy Osakue foi atingida por ovada no olho enquanto voltava para casa -

Itália - A atleta italiana de lançamento de disco Daisy Osakue, de 22 anos, foi alvo de um ataque racista na madrugada desta segunda-feira. Ela voltava para a sua casa em Moncalieri, na cidade de Turim, quando foi atingida no olho por uma ovada. A informação foi divulgada pelo site 'Giornalettismo'.

Em entrevista ao periódico, Osakue, que é filha de nigerianos, mas nasceu e cresceu na Itália, contou que o ovo foi atirado de um carro em movimento e precisou ser levada a um hospital oftalmológico após a agressão. "Por sorte, foi só um machucado. Alguns dias de repouso, algumas gotas de colírio e devo ficar bem", disse a atleta.

Apesar das autoridades locais ainda não confirmarem que o ataque tenha motivação racial, Osakue afirma que foi atacada por ser negra.

"Não queriam me atingir como Daisy, mas como uma garota negra. Eu já tinha sofrido episódios de racismo, mas apenas verbal. Quando se passa à ação, significa que se superou outra barreira", completou.

Osakue é tida como uma das grandes promessas do atletismo italiano. Ela possui a quarta melhor marca na história do país no lançamento de disco, com 59,72 metros. Entre 6 e 12 de agosto, ela participará do Campeonato Europeu em Berlim, na Alemanha.

Últimas de Esporte