Narrador chama juiz de partida do Fluminense de arrogante e questiona expulsão

Tricolor foi derrotado pelo Palmeiras em São Paulo

Por O Dia

O narrador Luis Roberto, da Globo -  Copa do Mundo 2018
O narrador Luis Roberto, da Globo - Copa do Mundo 2018 -

São Paulo - O narrador da Globo, Luís Roberto, criticou duramente a arbitragem de Bráulio da Silva Machado, que apitou a partida em que o Palmeiras saiu vitorioso por 3 a 0 sobre o Fluminense, na última quarta-feira, no Allianz Parque.

Luís Roberto reclamou do tempo de bola rolando na partida - 45% - e chamou o árbitro de arrogante, em conjunto com a fala do volante Jadson, do Fluminense, que foi expulso pelo juiz.

“Tivemos apenas 45% de bola rolando. E muito por culpa do juiz nesse caso, viu? Ele demora demais. Olha, ele demora uma eternidade, ele quer orientar todo mundo. Só falta distribuir taticamente os times! Ele só falta dizer ‘você vai na esquerda, na direita, você marca esse, marca esse’. Fala sério, né? […] Como disse o Jadson mesmo? Que ele era arrogante… Despreparado e arrogante”, criticou Luis Roberto.

O narrador ainda levantou suspeita sobre a expulsão, após Jadson ter criticado o árbitro em entrevista no intervalo da partida.

“O Jadson foi expulso. Ele [árbitro] deve ter tomado conhecimento da declaração, porque eles ficam sabendo de tudo, né? Esse negócio de que eles não falam com ninguém no intervalo é cascata, é conversa pra boi ir dormir, como a gente dizia no interior”, afirmou.

Últimas de Esporte