SALVARAM-SE TODOS

Por

Campeonato Brasileiro 38 Rodada (ultima), Fluminense x America MG no Maracan, as 17hs, Rio de Janeiro. O time do Fluminense luta para no cair para Segunda Diviso do Campeonato Brasileiro. Foto: Daniel Castelo Branco / Agncia O Dia -

Quem torce por Vasco ou Fluminense e terminou o domingo com unhas intactas pode dizer que é uma pessoa fria. Foram dois jogos tensos, disputados com os nervos à flor da pele. No Maracanã, o susto foi maior porque o América teve um pênalti a seu favor, mas Júlio César (foto), defendeu ainda no primeiro tempo, lance que levou dois torcedores tricolores para o Departamento Médico do Maracanã com problemas emocionais. No fim do primeiro tempo, Richard fez o gol que quebrou o jejum e deu a vitória ao tricolor. Flu se salvou. Em Fortaleza, o Vasco segurou o perigoso Ceará do Lisca Doido com um empate sem gols e de poucos sustos. As duas defesas superaram os dois ataques, os goleiros pouco trabalharam e o jogo terminou como começou. Que o sofrimento dessas duas potências do futebol do Rio de Janeiro nesta temporada sirva de lição com vistas a 2019. Suas torcidas não merecem passar pelo que passaram este ano.

PEDALADAS

Conmebol bate o pé, mostra-se irredutível, e afirma que final da Copa Libertadores da América será domingo em Madrid e que isso é irreversível. River Plate e Boca Juniors não concordam com a imposição da entidade.

Sábado é dia de eleições no Flamengo. Rodolfo Landim e Ricardo Lomba dividem a preferência dos eleitores e luta promete ser muito acirrada.

Dudu pode ter feito ontem seu jogo despedida com a camisa do Palmeiras.

BOLA fora

O Fluminense escapou do rebaixamento e isso foi bom, mas não exime de culpa a sua diretoria pela quantidade de erros. Errar é humano, mas há um limite tolerável.

BOLA DENTRO

Presidente eleito Jair Bolsonaro foi ver de perto a festa do Palmeiras, vestiu a camisa, entregou a taça e caiu na festa junto com a galera. Para desespero da segurança.

TORCIDA DO FLA PEGOU PESADO

Perto de 70 mil torcedores rubro-negros estiveram no Maracanã, na noite de sábado, para a despedida da equipe da temporada 2018 e saíram muito decepcionados com o fraco desempenho da equipe, derrotada pelos reservas do Atlético Paranaense por 2 a 1, de virada. Tudo bem que a derrota foi inexplicável, mas vaiar e chamar o grupo do Flamengo, que conquistou o vice-campeonato do Campeonato Brasileiro de "time sem vergonha", foi um exagero e tanto da galera. O time do Flamengo foi muito, mas muito além do esperado durante esta temporada.

Comentários

Últimas de Esporte